quarta-feira, 28 de setembro de 2005

Tempo de poesia ...


Tomara que brilhe

Pemba,
teu pôr do sol,
fascinou-me o pensamento,
desse desconhecido,
nesse momento que te mirei.
Nuvens de algodão,
trilham teu ocaso,
limpam-te o gosto salgado,
das águas que,
maresiam na areia encantos mil...

Pemba,
Moçambique,
"Porto Amélia",
teu pôr do sol,
nunca vi em real,
nunca o visitei,
mas tomara que brilhe um dia,
num momento especial...em Pemba

Via: Azoriana - http://silvarosamaria.no.sapo.pt

4 comentários:

Isabel-F. disse...

Um bonito poema Jaime...

gostei de o ler...

bjs

Brigida Rocha Brito disse...

Muito bonito. Um poema sobre África que dá vontade de voar até lá... imediatamente!!!

gotaelbr disse...

Um esclarecimento: Este poema e imagem já haviam sido colocados neste blogue anteriormente.
Porque o "blogger.com" não aceita determinados formatos de endereço e 'tags', tive de o refazer no momento em que tentei inserir o novo endereço do portal "Azoriana"(http://silvarosamaria.no.sapo.pt/) origem do mesmo. Pelo que peço a compreensão da titular do "Azoriana".

Jaime Luis Gabão

azoriana disse...

Está tudo bem. Muito obrigado e claro que compreendo. Hoje estava a fazer umas pesquisas na net e cheguei até aqui. ;) É agradável ler os comentários.
Abraço de "Azoriana"