quarta-feira, 16 de novembro de 2005

Cabo Delgado luta contra a malária.



Redes contra a malária.

13/11/2005 - Duzentos e vinte mil redes tratadas com insecticida de longa duração serão distribuídas até 2007 nas unidades sanitárias das províncias de Nampula, Cabo Delegado e Inhambane,iniciativa levada a cabo pela Malária Consortium, em parceria com o Ministério da Saúde e o Grupo de Facilitadores do programa “Fazer recuar a Malária”.
O programa será lançado próximo Sábado em Inhambane, integrado na semana comemorativa do Dia de Combate à Malária a nível da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral.
Esta iniciativa conta com um financiamento na ordem de oito milhões de libras do Departamento Britânico de Desenvolvimento Internacional (DFID) para o período de 2005/2010.
O mesmo assenta numa abordagem dupla, nomeadamente a componente de fornecimento de redes mosquiteiras subsidiadas (cada uma vai custar 15 mil meticais), às mulheres grávidas através dos centros de saúde públicos e ainda o apoio ao sector comercial para estabelecer sistemas de distribuição e de venda de redes.
Este programa pretende estimular a cultura de rede a fim de sustentar a demanda e o desenvolvimento do mercado, enfatizado sobre redes mais eficazes e tratamento de longa duração.
Entretanto, dados estatísticos indicam para a ocorrência de 40 mil óbitos anuais em crianças menores de cinco de anos devido à malária.
Via: "Zambeze"

Nenhum comentário: