quarta-feira, 16 de novembro de 2005

FOME - Hipocrisia internacional...


289 crianças morreram este ano de subnutrição na província de Sofala, centro de Moçambique, devido à fome.
Pelo menos 289 crianças morreram este ano de subnutrição na província de Sofala, centro de Moçambique, devido à fome que afecta a região e o país, divulgaram hoje as autoridades sanitárias.
Segundo dados revelados durante o primeiro conselho consultivo provincial alargado da Saúde, o número de óbitos em crianças devido à fome registado este ano representa um aumento de 29 por cento, em relação a 2004, quando morreram 182 crianças naquela província.
No total, as autoridades sanitárias de Sofala diagnosticaram este ano 1408 casos de subnutrição, face a 1092 detectados ano passado.
Das situações de subnutrição notificadas este ano naquela província, 67 foram diagnosticadas no Hospital Central da Beira, o mais importante da província, tendo também sido verificadas situações críticas de fome nos distritos de Maríngue, Cheringoma, Gorongosa e Nhamatanda.
Segundo dados do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas (PAM), Moçambique carece com urgência de mais de 70 mil toneladas de alimentos, para o socorro de mais de cerca de 800 mil pessoas que enfrentam fome em todo o país, na sequência da seca que assola a África Austral.
15-11-2005 19:30:37 (Fonte : Agência LUSA)
Via "Stop"

Nenhum comentário: