sábado, 19 de novembro de 2005

Moçambique - FOME ! - .Governo quer reduzir taxa pobreza de 54 para 45% em 2009.


O Governo moçambicano anunciou hoje a sua ambição de reduzir a pobreza no país dos actuais 54 por cento para 45 por cento em 2009, assente, entre outros fundamentos, num crescimento da economia de sete por cento ao ano.
O Governo divulgou a sua perspectiva de redução da incidência da pobreza absoluta, na apresentação do Segundo Plano de Acção de Redução da Pobreza Absoluta (PARPA II) hoje em Maputo.
Segundo o plano hoje divulgado, a diminuição da miséria em Moçambique vai assentar em pilares como boa governação, desenvolvimento económico e rural, capital humano e redução do impacto das calamidades naturais.
"Tendo em conta o contexto nacional e internacional em que se vão basear as nossas metas, uma previsão de redução da pobreza até 45 por cento não é modesta, é até optimista", comentou Momade Saíde, técnico do Ministério do Plano e Desenvolvimento, que apresentou o PARPA II. Saíde acrescentou que está em curso "um exercício de apuramento dos fundos necessários para a implementação do plano", que tem também como alicerces a criação de um bom ambiente de negócios e redução dos entraves burocráticos.
Como forma de superação dos constrangimentos identificados no primeiro plano de redução da pobreza, a formulação da segunda estratégia envolveu a participação de diversos quadrantes sociais de nível provincial e distrital, onde a pobreza absoluta é mais acentuada, enfatizou Momade Saíde.

Via: "Notícias Lusófonas" - 18/11/2005

Nenhum comentário: