quarta-feira, 26 de julho de 2006

II FNCMT: Pemba a partir de hoje capital cultural de Moçambique.


A cidade de Pemba está preparada para, de hoje até domingo, tornar-se na capital cultural do país, por acolher o II Festival Nacional da Canção e Música Tradicional, que decorre sob o lema "Celebrando a Diversidade Cultural Livres do HIV/SIDA".
Segundo os organizadores, todos os detalhes inerentes ao evento, que será inaugurado esta manhã no Estádio Municipal daquela cidade pelo Presidente da República, Armando Guebuza, estão aprimorados.
Na manhã de ontem, no local dos espectáculos, os artistas realizaram os seus últimos ensaios, na presença do Ministro da Educação e Cultura, Aires Ali, e do governador de Cabo Delgado, Lázaro Mathe, entre outros responsáveis locais e nacionais.
O presidente Guebuza é esperado esta manhã em Pemba, cidade que já está a viver um momento festivo.
Os participantes prometem tudo fazer para, com base nas suas habilidades em matéria de canção e música tradicional, corresponderem às expectativas criadas à sua volta ao longo de todo o período de preparação desta realização.
Todas as províncias estarão representadas por dezenas de artistas seleccionados em função das suas qualidades individuais, bem como de outros critérios, entre eles a representatividade. Entretanto, informações chegadas até nós indicam que um artista pertencente à delegação de Gaza desapareceu misteriosamente na praia do Wimbe no último domingo.
Ninguém, até ao momento, sabe explicar as circunstâncias em que o facto terá ocorrido.
No nosso Caderno Cultural, integrante da presente edição, trazemos mais pormenores sobre este festival, mais especificamente o que leva algumas províncias para Pemba.
São cerca de 400 os artistas seleccionados a nível de todas as províncias para tomarem parte no evento.
Maputo, Quarta-Feira, 26 de Julho de 2006:: Notícias

Nenhum comentário: