quarta-feira, 9 de agosto de 2006

Rio Rovuma - Ponte da Unidade.


Ponte da Unidade será concluída dentro do prazo - assegura empreiteira, que apresentou ontem o projecto executivo da obra.
A ponte sobre o rio Rovuma, também conhecida por Ponte da Unidade, ligando Moçambique e a Tanzania, estará concluída em Outubro de 2008, um mês antes do prazo fixado no contrato de empreitada assinado com os dois países. Tal garantia foi dada ontem a conhecer pela "China Geo Engineering Corporation", por ocasião da apresentação do projecto executivo da obra.
Segundo foi dado a conhecer na ocasião por aquela empresa chinesa, o processo de mobilização de equipamento está praticamente concluído e vai-se avançar, dentro dos próximos dias, para as obras de facto.
O período de construção da ponte é de três anos, contados a partir de Novembro de 2005, e, segundo a "China Geo Engineering", tanto o esboço preliminar como o detalhado já estão completos.
De igual modo, segundo a mesma fonte, que falava num seminário de apresentação pública do projecto executivo, o equipamento principal para o campo de obras já foi mobilizado, nomeadamente 140 toneladas de barras de aço e 300 de cimento, assim como 75 mil litros de combustível.
A empreiteira produziu, igualmente, 1200 metros cúbicos de agregados.
Os campos de engenheiros e para os contratados, tanto do lado da Tanzania como de Moçambique, foram concluídos.
As actividades principais do lado da Tanzania, nomeadamente a mobilização de material e equipamento, começaram em Novembro de 2005 e serão completadas em 31 de Agosto deste ano.
Do lado de Moçambique devem estar concluídas a 1 de Fevereiro de 2007.
Segundo explicações dadas na ocasião, para além da componente ponte está igualmente prevista a construção de cinco quilómetros de estrada do lado moçambicano e igual distância do lado tanzaniano, junto da infra-estrutura principal.
Do lado tanzaniano, os cinco quilómetros devem estar concluídos em Abril de 2007, enquanto que do lado moçambicano, que tem o início da construção física em Setembro do corrente, devem estar completos um ano depois.
A construção da ponte propriamente dita deverá iniciar-se no próximo mês de Setembro, decorrendo até 1 de Janeiro de 2008.
Porque haverá algumas outras componentes por completar, a obra só deverá estar apta para ser entregue em Outubro de 2008.
Informações dadas a conhecer por Abdurremane Lino de Almeida, do Comité Técnico para a construção da Ponte de Unidade, que vai ligar Negomano, em Moçambique, e Mtambaswala, na Tanzania, o empreendimento vai custar 24.6 milhões de dólares, suportados pelos dois países.
A ponte terá uma secção transversal de 13,8 metros, compreendendo duas faixas de rodagem de 3,25 metros cada uma, duas bermas de 1,5 metro cada, dois passeios de 1,5, ladeados de separadores de 0,25 metro cada, destinados a peões, ciclistas e gado.
A ponte terá 730 metros de comprimento e serão consideradas duas alternativas para as sessões longitudinais, com dois tramos de 40 metros cada e 13 de 50 metros ou 14 pilares.
Maputo, Quarta-Feira, 9 de Agosto de 2006:: Notícias

Nenhum comentário: