domingo, 4 de março de 2007

Aumento das exportações de Moçambique com a venda de recursos naturais.


Maputo, Moçambique, 28 Fev - Cinco províncias de Moçambique registaram em 2006 um crescimento significativo das suas exportações com o maior contributo para essa evolução sido a venda de recursos naturais, de acordo com o jornal Notícias, de Maputo.
A lista é liderada por Tete com apenas a Hidroeléctrica de Cahora Bassa a ter exportado energia eléctrica no valor de 150 milhões de dólares e o tabaco, o outro grande produto da província, a ter proporcionado receitas de 72 milhões.
No segundo lugar aparece a província da Zambézia cujas exportações cresceram 92 por cento para 98 milhões de dólares com a venda de produtos como madeira, camarão, amêndoa de cajú, fibra de algodão e chá.
Sofala, Manica e Nampula são as outras províncias que registaram em 2006 uma subida das suas exportações.
Do lado contrário surge, por exemplo, a província de Cabo Delgado teve uma queda nas suas vendas ao exterior de 66 por cento, ao ter passado de 70 milhões de dólares em 2005 para 24 milhões em 2006.
O jornal diz que a explicação para o fenómeno tem a ver com a entrada em vigor de legislação proibindo a exportação de alguns tipos de madeira em toro exigindo a sua prévia transformação no país.
(macauhub)

Nenhum comentário: