sexta-feira, 6 de abril de 2007

Ciclone “Jaya” já não constitui perigo.

O Instituto Nacional de Meteorologia emitiu o último aviso dando conta da dissipação do ciclone “Jaya”, que passou para um sistema de baixas pressões. Entretanto, segundo aquela instituição, algumas áreas costeiras continuarão a sentir os efeitos da alteração do estado do tempo provocada pela actividade do sistema.
Com efeito, segundo o INAM, a partir da noite de quarta-feira, as regiões de Mecúfi, Memba, Nacala, Mossuril, Ilha de Moçambique, Angoche e Moma, em Nampula, seriam afectados por chuvas moderadas acompanhadas de trovoadas e ventos moderados soprando com rajadas até 40 quilómetros por hora. Segundo fonte do INAM, as autoridades locais estão a monitorar o impacto desta situação e até ontem não tinha sido reportada qualquer situação anómala. A previsão indicava que a partir da noite de ontem os distritos de Pebane e Maganja da Costa, na Zambézia, seriam afectados por ventos moderados, soprando por vezes com rajadas até 40 quilómetros por hora, acompanhados por trovoadas e chuvas moderadas. O INAM recomenda as autoridades das províncias de Cabo Delgado, Nampula e Zambézia para a tomada das medidas preventivas necessárias.
Maputo, Sexta-Feira, 6 de Abril de 2007:: Notícias

Nenhum comentário: