segunda-feira, 9 de abril de 2007

Desde Porto Amélia: A Avó "Jóia"...


Tributo
Durante 24 anos, foi a 9 de Abril que lhe cantei os parabéns. À Avó Jóia, como lhe chamavam os netos - e as crianças não mentem. - É a Pessoa de que mais me orgulho de descender.

Mulher, num mundo de homens. Melhor (como já aqui contei), Mulher inteira, apesar do mundo para os homens que a lei da ditadura protegia. Agradeço, mais uma vez, esta fotografia ao jovem oficial que cumprimenta a minha avó materna na então Porto Amélia. Chama-se Fernando Gil, o ‘macua’, como é conhecido na net.
Continuamos na capital de Cabo Delgado, em 1971, segundo depreendo do ficheiro que a Inez me passou, no dia em que, tão espantadas como maravilhadas, descobrimos que havia uma certa Amiga comum... para a Inez e para o Rui, contou-me ela, a Professora (de Desenho) Adelaide Maltez* foi peça importante no caminho de Artistas que hoje são. Já agora falta dizer que, lá no canto ao fundo da mesa onde a Sub-Directora da Escola Comercial Jerónimo Romero discursa, estão os pais dos manos Andrade Paes - a Professora de Inglês era nem mais nem menos do que a enorme Poeta Glória de Sant’Anna. * nome de baptismo, foi, também T.R. e, depois, Bastos de casamento(s).
-----
Adelaide Marques Maltez, 9 de Abril de 1908 - 19 de Janeiro de 1981.
-----
adenda: acabo de me lembrar que, nesta escola (JR), tinha a alcunha de 'mariposa' por, incansável, andar sempre de um lado para o outro - e se não for só este o motivo, os ex-alunos que corrijam.
Transcrito do "Chuinga L. "
-----
- Meu recado para a IO -...crescemos, amadurecemos, continuamos sensíveis ao passado na então Porto Amélia... Assim, foi fácil, comemorando através do teu "ChuingaL.", emocionar-me ao rever a "Mestra" que esculpiu a personalidade de muitos de nós com o cinzel de seu terno coração e a habilidade de seu sorriso transigente.
Nunca a esqueceremos e também aqui permanecerá (se me permites) enquanto durar o ForEver PEMBA !
Jaime

6 comentários:

IO disse...

Um beijo grande ao Jaime e, já que este é o canto bonito onde ele, de modo impar, homenageia Pemba, outro a todos os que conheceram a Avó Jóia! - a neta mais velha.

Anônimo disse...

E Jaime, acabo de 'descobrir' ao fundo, na outra foto, o Álvaro Morgado, irmão do meu tio Armando. Penso que tb fez rádio em Porto Amélia, o Álvaro.
IO

gotaelbr disse...

Beijão IO pelas palavras de carinho a este recanto.
Sobre a pessoa que referes não a encontro. Só recordo o Emilio Zolá, que foi locutor do Emissor Regional de Cabo Delgado e correspondente do Notícias da Beira, e, na foto, está entre o Luis Fernandes (ainda vivo felizmente, na Régua-Portugal com mais de 90 anos), correspondente do Notícias de L. M. e meu saudoso Pai-Jaime Ferraz Rodrigues Gabão, correspondente para Cabo Delgado do então Diário de Lourenço Marques. Atrás da saudosa professora Adelaide ainda revejo e recordo o Lapa, também locutor do Emissor Regional de Cabo Delgado. De costas acho que é o Fernando Gil-Macua. As outras figuras não lembro os nomes. Se puderes confirma.

Jaime

Anônimo disse...

Jaime e IO, vou tentar ajudar...estive de lupa e encontrei: depois dos meus Pais, Sr. Firmino, ? , a Senhora de óculos também foi professora na Jerónimo Romero mas não me lembro do nome,tua Avó,Prof.Talhante,Prof.Manuela Calçada Bastos e Isa Talhante. Do outro lado da mesa só reconheço em frente à Prof.Isa Talhante o Professor Gil que dava ginástica na altura, os outros não me lembro dos nomes...
Inez

Anônimo disse...

Que giro! - não foi a outra filha do Talhante que casou com o Albarran?

beijo aos dois, IO.

gotaelbr disse...

Obrigado Inez pela ajuda. Io - acredito que seja essa mesma filha do saudoso Talhante que casou com o Albarran. Mas a Inez poderá confirmar.

Abraço,

Jaime