domingo, 17 de junho de 2007

Diversificando - A inconcebivel actual campanha da MCel na Ilha de Mocambique, dita (?) Patrimonio Cultural Mundial...Parte II

Faço eco um pouco menos INDIGNADO pelo absurdo:
(Um abraço ao sempre presente JPT)
COMUNICADO DE IMPRENSA
A mcel SARL, tomou conhecimento das pinturas das fachadas frontais das construções da Ilha de Moçambique, listadas como monumentos históricos do Património Mundial da Humanidade.Esta acção, efectuada por uma empresa localmente subcontratada e devidamente autorizada, desvirtua os objectivos preconizados pelo projecto de aumento da visibilidade da marca e a forma como foi implementada afronta os valores que a mcel como instituição ética e socialmente responsável defende e promove.A mcel, comunica que estão já em processo acelerado de reposição das cores originais das fachadas frontais das construcções e edifícios da Ilha de Moçambique.Pelos transtornos causados, a mcel apresenta à população da Ilha de Moçambique, às entidades competentes e ao público em geral as mais sinceras desculpas e reitera o total compromisso na preservação e valorização do património histórico cultural do nosso país.
Maputo, 15 de Junho de 2007

Nenhum comentário: