sábado, 10 de novembro de 2007

A ÁFRICA de Sebastião Salgado.

Sebastião Salgado e a natureza intocada - Em um novo livro sobre três décadas de reportagens na África, o fotógrafo brasileiro revela imagens impactantes da fome, das guerras e a transição de seu olhar dos grandes dramas humanos para a natureza.
Foi plantando árvores na Mata Atlântica que Sebastião Salgado despertou para fotografar a natureza.
Em trinta anos de carreira retratando o sofrimento humano, ele virou embaixador da Unicef, ganhou dez prêmios internacionais e foi consagrado como um dos fotógrafos mais importantes do mundo.
Essa semana, Salgado lançou no Brasil o livro África, com suas primeiras fotos de natureza.
As imagens mostram que ele ainda é capaz de surpreender também pela técnica de fotografar em preto e branco.
De sua fazenda em Minas Gerais, onde coordena um projeto ambiental, ele falou a ÉPOCA sobre sua relação com o continente africano, a questão ambiental e seu último grande projeto: o Gênesis.
Leia a íntegra do texto de Juliana Arini com a entrevista de Sebastião Salgado, aqui .