sábado, 5 de janeiro de 2008

Ronda pela net - Terrível injustiça da Justiça e da sociedade...

DNA inocenta acusado de estupro preso há 27 anos
.
Sábado, 5 de janeiro de 2008, 12h01 - EUA -Associated Press/Terra - Um americano acusado de estupro foi libertado após 27 anos de prisão depois que um exame de DNA provou sua inocência.
Charles Chatman, 47 anos, que sempre afirmou ser inocente, foi solto na última quinta-feira, no Texas (EUA).
Chatman foi preso aos 20 anos acusado de estuprar uma mulher da mesma idade que morava próximo de sua casa, mas que ele afirmava não conhecer.
A jovem o reconheceu no tribunal e testes mostraram que o sangue recolhido no local do crime era do mesmo tipo que o seu.
O acusado afirmou que estava trabalhando na hora do estupro, mas seu álibi não foi aceito e ele foi condenado a 99 anos de prisão em 1981.
"Eu fui condenado porque sou um homem negro acusado de cometer um crime contra uma mulher branca", disse.
Chatman contou com a interferência da ONG Innocence Project, que já libertou mais de 30 inocentes condenados, desde 2001.
De todos eles, o americano foi o que permaneceu mais tempo detido injustamente.
Os exames de DNA têm sido os maiores responsáveis por provar a inocência de presos.
Só no Estado do Texas, 15 detentos já deixaram as prisões graças a eles.
Chatman planeja agora trabalhar na ONG, auxiliando na libertação de outros condenados injustamente. (AP)
.
Acrescento
.
TERRÍVEL injustiça da Justiça americana...
Como ficam entretanto os 27 anos perdidos de maneira injusta, degradante, ofensiva atrás das grades, desse cidadão inocente?
Como compensar tamanho prejuízo espiritual e físico? Tamanha humilhação ?
Terá a sociedade arcabouço suficiente para extinguir tal dívida ????
Claro que não !
Lamentável é que casos idênticos, sem publicidade, vão-se tornando banais pelo mundo afora... Inocentes são condenados, perseguidos muitas vezes porque lutam com frontalidade, com clareza, honestidade por ideais e convicções, enquanto verdadeiros marginais, bandidos travestidos de respeitáveis senhores ou líderes são louvados, venerados, idolatrados.
Quanta impostura !

Nenhum comentário: