segunda-feira, 24 de março de 2008

Moçambique - Estrada vai ligar Maputo a Pemba em 2009.

MacauHub - Maputo, Moçambique, 24 Mar/2008 - As cidades de Maputo e Pemba deverão ficar ligadas por estrada a partir de 2009, de acordo com o programa de reconstrução e ampliação da Estrada Nacional Nº 1, afirmou em Maputo o presidente do Fundo de Estradas, Francisco Pereira.Falando à margem da reunião de avaliação do desempenho e revisão do Programa Integrado do Sector de Estradas (Prise), realizada em Maputo, Pereira disse que a ligação entre as duas cidades é uma das prioridades do programa do sector de estradas para o triénio 2007/09. Para o efeito, decorrem há sensivelmente três anos obras de reconstrução e ampliação da EN1, um empreendimento orçado em cerca de mil milhões de dólares e que estão a ser executadas em fases, tendo sido já concluída a primeira fase que contempla os troços Marracuene/3 de Fevereiro, em Maputo, Incoluane/Chicumbane, em Gaza, Chissibuca/Massinga, em Inhambane e Muxúnguè/Inchope, na província de Sofala. Continua problemático o troço que liga Namacurra e Alto Molócuè, na província da Zambézia, cujas obras já deveriam estar concluídas, conforme o contrato de adjudicação assinado com a construtora Tâmega. Contudo, há garantias que a EN1 vai estar em melhores condições de transitabilidade até finais do próximo ano, com a realização da terceira fase do Prise, cujo arranque está previsto para o presente ano, o qual, dentre os vários troços, vai contemplar a reconstrução das secções Chimuara/Namacurra e rio Ligonha/Cidade de Nampula.
Informações avançadas por Francisco Pereira, em relação ao desempenho do sector de estradas, indicam que não foi possível cumprir na totalidade o programa delineado para o ano passado, devido às inundações que afectaram algumas regiões do país.
O presidente do Fundo de Estradas disse ainda que para 2007 estão disponíveis cerca de 200 milhões de dólares, mas que devido aos programas de emergência impostos pelas inundações não foi possível aplicá-los estando, no entanto, já asfaltados 800 quilómetros da EN1.

Nenhum comentário: