sexta-feira, 20 de junho de 2008

Escritos Do Douro - Heróis do tempo...

(Clique na imagem para ampliar)
.
Do blogue "Escritos Do Douro", transcrito como homenagem aos Amigos que nunca esquecemos:
.
HERÓIS DO TEMPO - José Pinto Rodrigues - Recordar é sempre importante. Principalmente para que os mais novos saibam quanto suor e dedicação doaram figuras como a de José Pinto Rodrigues, de 81 anos, ao nosso Sport Clube da Régua e à própria Régua.
Reconhecer "heróis-do-tempo" como este deveria ser uma obrigação da comunidade vareira.
Encontrei-o por acaso, agora em Junho de 2006, solitário, de rosto um tanto enrugado, triste, sério, caminhando ao entardecer à beira-rio, bem junto do rio que o viu nascer...
Aproximei-me e não me reconheceu.
Olhou... olhou e tive de dizer quem era.
-Há! Agora já sabia... Afinal o menino de quem a sua Maria cuidava lá por casa da Mãezinha na Rua das Vareiras, partira com os Pais para África em 1957 e havia crescido. Depois não o encontrou mais. Agora, pudera, estava mais velho e com cabelos brancos! Mas, no fundo, olhando bem é a cara do Jaiminho Pai... tem o mesmo olhar...
E, enquanto se animava ia divagando e contando-me sua vida e sua história no Sport Club da Régua. Ia escutando-o com certa emoção pela saudade que suas palavras despertavam e, pensava o quanto era cruel o destino por não eternizar a juventude em todos nós...
Caía em mim e lá estava ele, empolgado, dizendo-me o quanto era difícil ser extremo-esquerdo do Régua naqueles anos... abaixou-se, levantou a perna das calças e mostrou-me as canelas marcadas pelos adversários em desafios que não esquece... Começou no cais da Régua com bola de farrapos... faz muitos anos não lembra quantos... Um dia, o falecido João Bonifácio, diretor do SCR, levou-o com mais oito companheiros, do Atlético da Rua da Alegria para o SCR. Com ele foram também: - o falecido Ginho, filho do Miguel do Tribunal; - o falecido Aparício, guarda-redes; - o Arnaldo Carvalho Sá, interior esquerdo; - o Agostinho Fan-Fan, defesa, também falecido; - o Zeca Almeida, guarda-redes, que Deus também já levou... Foi uma época de glória que dá saudade lembrar... Não havia salário nem luvas, uma ajudazita talvez! Mas valia a pena... tanto que, por volta de 1955 jogaram com o Fafe e, no prolongamento, ganharam de 2-1 subindo para a segunda divisão. Não entraram por excesso de clubes... coisas daquele tempo!
E foi contando, contando, entusiasmado, trechos de uma vida simples com encantos e desencantos que o transportaram ao hoje sem glória.
Despedi-me quando a tarde ia caindo.
Queria levar-me ainda até à sua Maria e mostrar-me fotografias que guardava com zelo.
Não tive coragem, pois meu coração já estava partido demais...
J. L. Gabão, 06/07/2006
.
Do portal "Portugal-Douro-Peso da Régua" e reproduzido também no "Jornal do Douro", Lamego, edição 351 de 02Jan2007.

3 comentários:

Mónica disse...

Emocionou-me!
Beijo.

Pandora disse...

Hola, :

Tengo el placer de informarte que tu blog , ForEver PEMBA , ha recibido el “Premio Dardos”.


“Con el Premio Dardos se reconocen los valores que cada blogger muestra cada día en su empeño por transmitir valores culturales, éticos, literarios, personalesl, etc.., que en suma, demuestran su creatividad a través del pensamiento vivo que está y permanece intacto entre sus letras, entre sus palabras rotas.”

Si lo aceptas y deseas recogerlo puedes visitar el siguiente enlace:


http://resistensanleo.blogspot.com/2008/06/leyendas-paganas-seor-oscuro-el-morador.html




Ya sé que el número de blogs que hay que premiar para compartir el premio es excesivo, pero puedes escoger tan solo algunos blogs, cinco o seis, como a ti te parezca, yo escogí los quince porque conozco muchos blogs, leo bastante, lo que no quiere decir que otras personas no lean pero a veces se les hace un poco complicado buscar quince blogs para premiarlos.

Saludos cordiales,

Pandora

Resistencia Santiago de León de Caracas
http://resistensanleo.blogspot.com/

gotaelbr disse...

Obrigado Pandora pela referência imerecida que me enaltece, principalmente por vir dessa Venezuela onde surgem bloguistas de raça e luta como Vc, que não se amedrontam com falsos profestas ou com lobos travestidos de cordeiros.

Abraço.