quinta-feira, 12 de junho de 2008

Ronda pela imprensa moçambicana - Oftalmologistas japoneses operam em Mueda-Cabo Delgado.

O hospital distrital de Mueda, província de Cabo Delgado, receberá, entre 16 e 20 do corrente, três médicos oftalmologistas do Japão, que vão operar 60 pacientes com problemas visuais diversos.
Ao abrigo do projecto, o primeiro do género, os médicos nipónicos vão trabalhar naquela unidade sanitária juntamente com os médicos e enfermeiros locais e operar os pacientes com vários problemas de vista. O projecto está orçado em 123 mil dólares, valor financiado pelo Governo daquele país asiático através do Ministério dos Negócios Estrangeiros do Japão. Segundo dados do Ministério da Saúde (MISAU), um por cento da população moçambicana sofre de cegueira causada por cataratas, mais de metade da qual pode ser curada com intervenção cirúrgica. Um comunicado da Embaixada do Japão indica que, dependendo dos resultados desta primeira experiência, planear-se-á a sua continuidade e outros projectos no domínio da Saúde se seguirão. Para garantir a continuidade deste tipo de jornadas no continente africano, os médicos oftalmologistas, apoiados pelas respectivas universidades, fundaram uma organização não governamental designada Associação de Ajuda e Cirurgias Oftalmológicas em África.
- Maputo, Quinta-Feira, 12 de Junho de 2008:: Notícias

Nenhum comentário: