segunda-feira, 23 de junho de 2008

Ronda pela net - "Scanners" para mercadorias vão ser instalados em portos e aeroportos de Moçambique.

Maputo, Moçambique, 23 Jun 08 - Os aeroportos de Maputo, Beira, Nampula e Pemba, os portos da Beira e de Nacala bem como a fronteira de Ressano Garcia terão, até Dezembro, aparelhos de inspecção não-intrusiva de mercadorias ou "scanners", informou o jornal Notícias, de Maputo. O jornal cita Rosário Fernandes, presidente da Autoridade Tributária de Moçambique (ATM), que na semana passada se reuniu na cidade da Beira com empresários locais, reiterou a importância dos "scanners" para a actividade de fiscalização, uma vez que disse "continua a haver grandes perdas na colecta de receitas públicas". Disse que o sector possui como principais desafios até 2010 a modernização e o plano de desenvolvimento de tecnologias de informação e comunicação para a consolidação da eficácia da administração tributária. Nos princípios de Agosto próximo o aeroporto internacional de Maputo terá o respectivo “scanner” em funcionamento enquanto que nos da Beira, Nampula e Pemba só entrarão em acção nos finais de Dezembro, o mesmo período previsto para os portos da capital de Sofala e de Nacala. O trabalho de instalação dos referidos meios decorrem com a intervenção da empresa norte-americana denominada Kudumba Investments, a mesma que deverá ter operacional um "scanner" na fronteira de Ressano Garcia até a primeira quinzena de Outubro próximo, segundo o respectivo Presidente do Conselho de Administração, Ghassan Chassan. Este projecto de instalação de "scanners" está orçado em 25 milhões de dólares.
MacauHub- 23/06/08.

Nenhum comentário: