quinta-feira, 25 de setembro de 2008

História de Pemba na 'Memória de África'.

Vista panorâmica de Porto Amélia (hoje Pemba) em 1929 - Álbum de José dos Santos Rufino
(Clique na imagem para ampliar. Imagem original daqui)

Para quem tem tempo e gosta, a internet transforma-se cada vez mais numa imensa fonte de dados digitais que permite a descoberta, entre outras informações, da história e memória de povos e civilizações. Como é o caso de Portugal e seus laços coloniais com África e demais continentes, influenciador até nossos dias, mesmo posteriormente à independência dessas ex-colónias, da cultura, tradição e hábitos dos povos naturais habitantes desses continentes.

Sugestionado por amigo destas andanças virtuais que como eu, se ressente do injustificável desconhecimento por parte dos jovens de hoje sobre o passado histórico-colonial da nação portuguesa e de personalidades que tanto contribuiram em todos os aspectos para a formação de nações como Moçambique, como ia dizendo, "garimpa" e lê todos os recantos digitalizados na internet em procura permanente de documentos e notas que possam ensinar sobre a história de Pemba, Cabo Delgado e Moçambique ao longo dos séculos, encontrei 'A Memória de África', valiosa biblioteca digital surgida de projeto com muita qualidade promovido pela 'Fundação Portugal-África' e desenvolvido por um Consórcio formado por:

Actualmente continuam o projecto a Universidade de Aveiro e o CESA. E, podem conferir que "É um instrumento fundamental, e pioneiro, na tentativa de potenciar a memória histórica dos laços que unem Portugal à África Lusófona, sendo deste modo uma ponte com o nosso passado comum, na construção de um identidade colectiva aos povos de todos esses países."(sic). Basta clicar nos link's acima. Será certamente um tempo bem aproveitado!

Nenhum comentário: