sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Ronda pela net - A paradisíaca Ilha do Ibo é divulgada ao mundo exterior...

(Clique na imagem para ampliar)

Os encantos naturais do norte de Moçambique, mais concretamente o litoral de Cabo Delgado que tão bem conhecemos e é paixão desde nossa infância africana, vão sendo "descobertos" pelo mundo exterior. E os investimentos locais em infra-estruturas voltadas para o turismo especializado também vão acontecendo, com qualidade e preços para todos os gostos mas nem sempre para todos os bolsos. Afinal o que é raro fica caro e é o custo condizente que permite usufruirmos do pouco e belo que a natureza, tão maltratada pelo homem, ainda abriga.

Hoje descobri mais um blogue que divulga os paraísos intocados que são Pemba, Arquipélago das Quirimbas e específicamente a histórica e bela Ilha do Ibo. O post está em inglês mas poderá ser fácilmente "aportuguesado" (a tradução é mecânica, impessoal) aqui.

Para terem uma idéia, começa assim:

""IBO ISLAND LODGE.
Práticamente desconhecido do mundo exterior e não perturbado durante séculos, existe um lugar onde o tempo parou. É a Ibo Island, ou como é chamada pelos locais, a Ilha do Ibo.

Aninhada no impressionante Arquipélago das Quirimbas ao norte de Moçambique, considerado Património Mundial, Ibo é uma ilha bela, remota e intocada pelo desenvolvimento comercial e uma das mais intrigantes ilhas idílicas e românticas que você poderia sonhar e visitar. Por sua vez, o Ibo Island Lodge está situado no oceano Índico nessa paradisíaca Ilha do Ibo, ao norte da pequena cidade de Pemba, no Arquipélago das Quirimbas... ...""

E a explanação, sempre em inglês, poderá ser lida na íntegra no The Private Islands Blog, especializado em classificar e divulgar tudo quanto é ilha existente pelo mundo, desde as particulares para venda até a santuários da natureza como a nossa querida Ilha do Ibo. Alegra-nos entretanto, o reconhecimento e destaque merecidos que a Ilha do Ibo, Pemba e o Arquipélago das Quirimbas vão tendo. Mas preocupa-nos também o desgaste que já vai acontecendo, por uso indevido, inconveniente, desregulamentado e mercantil da costa de Cabo Delgado, com destaque que é exemplo disso para a bela praia do Wimbe. Segundo nos contam, não tardará que ao cidadão comum fique impossível admirá-la da estrada, tal a abundância de construções e muros altos, sem ordenamento e regras, que a invadiram. E isto sem falarmos dos outros tipos de poluição ambiental que se alastrou às ruas e bairros da cidade de Pemba e arredores.

3 comentários:

Odele Souza disse...

Jaime,

Eu gostaria de linkar ForEver Pemba ao blog de Flavia.(com muito gosto) Gosto de colocar o país na frente do nome do blog. Pemba, fica na Africa, mas e você Jaime, fica aonde? No Brasil?

Um abraço.

Ana Martins disse...

É realmente muito triste que se abafe a beleza natural de praias e ilhas tão lindas com construções desordenadas, sem o minimo de estética.

Quanto à poluição para além de triste é um problema de saúde publica que devia ser tratado com o máximo de urgência.

Beijinhos

gotaelbr disse...

Olá Odele,

Obrigado por linkar o ForEver PEMBA. É gratificante estar junto de Vcs. nesse blog repleto de solidariedade sensiblidade humana.

Ana Martins,

Um abraço para Vc. por mais esta visita. Esperemos as autoridades municipais de Pemba "despertem" e encontrem formas para que o desenvolvimento turistico, que trará beneficios económicos para a cidade e população desde que com regras e bem administrado, não prejudique o meio ambiente nem destrua as belezas naturais de Pemba e Cabo Delgado. Normalmente, quem de direito, "pressionado" por "forças económicas" e outros interesses menos claros acaba por "acordar" tarde e quando a "galinha dos ovos de ouro" já está moribunda... Por enquanto ainda há tempo !!!