quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Ecos da imprensa portuguesa: Sete Maravilhas da Natureza: Douro é única candidatura portuguesa que passou à fase 2.

(Clique na imagem para ampliar - Imagem original daqui.)

O Douro de nossas raízes lusitanas, do Vinho do Porto magnífico, da vinha nas encostas banhadas pelo rio sinuoso que encanta, é hoje "falado" assim pela RTP-Notícias:

""Lisboa, 07 Jan (Lusa) - A Região Vinhateira do Douro passou à segunda fase da escolha das Novas Sete Maravilhas da Natureza, sendo a única candidatura portuguesa ao galardão, segundo um elemento da organização que propôs a candidatura.

A candidatura é uma das 261 que se mantêm na corrida, das 440 que foram votadas até hoje.

Portugal apresentou seis candidaturas: Arquipélago dos Açores, Berlengas e Ilhas Selvagens (na categoria de Ilhas), Parque Natural da Peneda Gerês (Parques e Reservas Naturais), Vale do Douro (Rios) e Ria de Aveiro (Paisagem Marítima).
- SMM, Lusa, 07/01/2009.

  • Portugal - Douro - Peso da Régua: Um álbum no Flickr - Aqui!

5 comentários:

Anônimo disse...

Será que já ouviram falar das Caldeiras das Furnas? Na ilha de São Miguel nos Açores? Bolas.... nem acredito... essa votação parece uma fantuchada... é impossivél escolher o rio Douro em prol daquela verdadeira maravilha, ou em prol da verdadeira maravilha que são todas as ilhas dos Açores. Douro para "maravilha da natureza" de Portugal..... só se for do Portugal dos pequeninos. Aprecio o rio.... sei onde nasce.... onde desagua... a sua dimensão ..... e???? Ah.... está bem..... as vinhas.... o prestigio... o dinheiro.... a fama... o negócio. Pobre Pátria... no te te tormnas-te... tanta pena tenho de mim.

Santos Silva disse...

Parece-nos que, finalmente, a região do Douro e todo o seu potencial turistico estão a ser descobertos, contrariando a tendência habitual e rotineira de só se falar e divulgar a meia-dúzia cansativa de pontos turísticos por demais conhecidos hà séculos e séculos. Portugal ainda tem muitos locais belos para descobrir e visitar. E há que os divulgar, como agora se faz com o Douro. Ainda bem e muito bem !

B.A. disse...

Brindemos, então, com um Porto velho, pelos êxitos da Região Duriense, sempre jovem.
E um abração ao Jaime Gabão, uma cepa gerada naqueles socalcos do Douro.

B.A. disse...

Uma cepa de boa casta, acrescento!

gotaelbr disse...

Abraço Branquinho... Vale pelo brinde e pela Amizade! Outro abraço para o Santos Silva que fala com clareza da necessidade de descentrallização do turismo em Portugal... Portugal (e o mundo de lingua Portuguesa também) não é só Lisboa, Algarves e Ilhas, como nos tempos coloniais.

Jaime