quarta-feira, 8 de julho de 2009

Ecos da imprensa Moçambicana: Exames extraordinários arrancam na segunda-feira.

Arrancam segunda-feira próxima em todo país os exames extraordinários para os alunos externos da 10ª e 12ª classes do Ensino Secundário Geral. O processo vai decorrer durante toda a semana.

Para estas avaliações, estão inscritos 111,587 candidatos, dos quais 76.899 da 12ª classe e os restantes 34,688 da 10ª classe, números que representam um incremento das inscrições na ordem dos 40,6 e 23 por cento, respectivamente, quando comparados com as do ano transacto.

Para estas avaliações, o Ministério da Educação e Cultura criou em todo o país 130 centros dos quais 84 para os exames da 10ª classe e os restantes para 12ª classe.

A província da Zambézia é a que maior número apresenta, com 18 centros seguida de Nampula e Tete com doze cada uma.Brigadas do Ministério da Educação e Cultura(MEC) a nível central começaram já a deixar a cidade de Maputo com destino às provícias, onde vão acompanhar o processo destas avaliações instituídas com propósito de estimular o autodidactismo e oferecer oportunidades aos cidadãos para conclusão de certos níveis de ensino.

Depois das inscrições feitas há sensivelmente dois meses as estruturas da Educação estiveram envolvidas nos preparativos do processo, num esforço visando evitar os problemas que aconteceram nos exames nos exames do ano passado, caracterizados pelo extravio dos enunciados antes da realização das provas.

Na circunstância alguns professores de determinados estabelecimentos de ensino foram afastados acusados de venda das provas. Foram introduzidas novas técnica nomeadamente o sistema do exame de escolha multipla e de correção electrónica e esta técnica vai exigir que os alunos cumpram escrupulosamente com as instruções sobre o preechimento das folhas de exercíci, sobretudo a indicação de identidade.
- 08/Jul/09, in Notícias/Imensis - Aqui!

Nenhum comentário: