terça-feira, 14 de julho de 2009

Moçambique - Mais sangue na estrada: Dez mortos em Ancuabe

Dez pessoas morreram e outras trinta e seis contraíram ferimentos graves em consequência de um acidente de viação ocorrido na manhã de ontem na região de Silva Macua, cerca de oitenta quilómetros da cidade de Pemba, província de Cabo Delgado. A Polícia aponta o excesso de velocidade como tendo estado na origem do sinistro, um choque frontal que envolveu um camião com atrelado e uma viatura de transporte semicolectivo de passageiros que na altura seguia em direcção à cidade de Nampula a partir da capital provincial de Cabo Delgado.

Segundo dados apurados pela nossa Reportagem, o camião envolvido no acidente estava carregado de trigo e seguia em direcção a Pemba, ido da cidade portuária de Nacala. Dados avançados pela Polícia indicam que os condutores das duas viaturas envolvidas perderam a vida no local do acidente, cuja responsabilidade é imputada ao condutor do camião que, de acordo com as autoridades, transitava a uma velocidade acima da média, permitida para aquela via.

Além dos trinta e seis feridos graves, há igualmente o registo para outros três que contraíram ferimentos ligeiros, tendo as autoridades sanitárias de Cabo Delgado garantido que há stocks suficientes de sangue para atender às necessidades ditadas pelo sinistro.

Enquanto isso, oito pessoas perderam a vida ao longo da última semana na cidade de Maputo, resultado de um total de treze acidentes de viação que também se saldaram em trinta e quatro feridos. O porta-voz da Polícia da capital do país, Arnaldo Chefo, explicou ontem a jornalistas que do total de acidentes registados dois são atropelamentos e onze choques entre carros.

Tal como no caso do acidente de Pemba, o excesso de velocidade volta a ser apontado como estando por detrás da maioria dos acidentes, de uma lista que contempla a condução em estado de embriaguez e outras violações ao Código de Estrada.

Ainda de acordo com Arnaldo Chefo, o maior problema não são as estradas ou a falta de condições para o estacionamento como algumas vezes se evoca, mas sim, o comportamento do homem que muitas vezes desafia as normas para garantir o cumprimento dos seus programas.

Um dos acidentes registados na semana passada envolveu igualmente um “chapa” que, segundo dados ainda não confirmados pela Polícia, seguia a uma velocidade excessiva, com 25 passageiros a bordo, contra os dezasseis permitidos para veículos daquela categoria.

Deste acidente resultaram dez mortos, estando actualmente onze pessoas internadas em diversas enfermarias do Hospital Central de Maputo, em resultado dos ferimentos que contraíram.
- Maputo, Terça-Feira, 14 de Julho de 2009, Notícias.

At least 16 killed in Mozambique road collision - Maputo - At least 16 people were killed and 39 were injured in Mozambique on Monday when a bus and truck collided in the northern touristic province of Cabo Delgado, local TV channels reported. The accident took place early morning in remote Ancuabe district, 80 kilometres from Pemba, the provincial capital.

The details of the crash were unclear. Television reports said eight people died instantly and another eight died later on the way to, or in, hospital.

Mozambique, an impoverished southern African country still recovering from a 16-year civil war from 1976-1992, has a limited network of roads, which tend to be poorly maintained.

Last week alone, 68 people died in road accidents, mostly involving commuter minivans or buses.

Police suspect drunk driving is to blame in some cases, but that they lack the personnel and equipment to carry out regular inspections.
- Mon, 13 Jul 2009 19:29:36 GMT, Earth Times.

Nenhum comentário: