quinta-feira, 2 de julho de 2009

Toneladas de cocos são diariamente roubadas na província da Zambézia com destino a Cabo Delgado...

Ronda pela net - "MacauHub":

Maputo, Moçambique, 2 Jul - A província da Zambézia perde diariamente cinco a seis toneladas de cocos roubados nas plantações e viveiros das companhias agro-pecuárias, tendo como destino os mercados de Nampula e Cabo Delgado, de acordo com o jornal Notícias, de Maputo.

O jornal adianta que os ladrões, para além de roubarem os cocos, estão a devastar os viveiros das empresas e das comunidades, o que poderá afectar sobremaneira o programa do Governo de revitalização do sub-sector do coco, financiado pelo Millennium Challenge Corporation na região costeira das províncias da Zambézia e Nampula.

O director da grupo agrícola Madal, Rogério Henriques, afirmou durante uma reunião realizada em Quelimane que visava a concertação de acções de fiscalização e controlo da comercialização do coco, que a sua empresa está a ficar muito prejudicada com os roubos.

Henriques precisou, na ocasião, que no presente ano três mil mudas de coco foram roubados na Maganja da Costa, o que irá afectar o programa de multiplicação de plantas para a reposição do coqueiro que está a ser dizimado pela doença do amarelecimento letal.

A Boror Agrícola afirma que nas suas plantações no distrito de Pebane os roubos atingem entre 25 mil e 30 mil cocos, que totalizam seis toneladas por dia, o que reduz a capacidade de produção e processamento daquela empresa.

Na província da Zambézia grande número de pessoas depende do coco que constitui um dos principais suportes para a segurança alimentar e nutricional. O coqueiro do sector familiar ocupa uma área de 66 mil hectares de um total de 110 mil existentes.

O Governo, em parceria com a Millennium Challenger Corporation tem um plano que visa a revitalização do sub-sector do coco, que inclui a componente de implantação de viveiros. Todavia, os viveiros estão a ser vandalizados pelos ladrões, ou retiradas as plantas para a venda na cidade de Quelimane.
- MacauHub, 02/07/09.

Nenhum comentário: