segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Ronda pela imprensa moçambicana: Itália investe em Cabo Delgado na construção de uma fábrica de vestuário

Deverão arrancar, ainda este ano, as obras de construção de uma fábrica de vestuário na província nortenha moçambicana de Cabo Delgado, com capitais italianos – investimento de cerca de sessenta milhões de dólares norte-americanos.

O lançamento oficial do empreendimento deverá acontecer ao longo desta semana durante a visita a Moçambique do ministro italiano de Desenvolvimento Económico, Cláudio Scajola, que chega hoje mesmo, acompanhado do presidente do Instituto para o Comércio Externo, Umberto Vattani.

Scajola e Vattani estarão em Moçambique até quarta-feira à frente de pouco mais de 40 empresas italianas participantes na 45ª edição da Feira Internacional de Maputo (FACIM), cujas portas abrem oficialmente hoje à tarde, devendo encerrar dia seis de Setembro de 2009.

A visita daquele governante italiano a Moçambique irá culminar com a assinatura de vários acordos de cooperação entre os dois países e Scajola será recebido pela Primeira-Ministra, Luísa Diogo, e pelos ministros da Energia, Salvador Namburete, e da Indústria e Comércio, António Fernando.

As trocas comerciais entre os dois países rondam aproximadamente em cerca de 400 milhões de dólares norteamericanos, com ascendência para a Itália que importa equipamento agrícola, principalmente, enquanto Moçambique exporta para aquele país europeu lingotes de alumínio, da MOZAL.
- F. Saveca, Correio da Manhã, Ano XIII, Nº 3144, Maputo, Segunda-feira, 31/Agosto/2009.

Nenhum comentário: