quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Eleições 2009 Moçambique: Últimas Notícias

:: Boletim publicado pela CIP e AWEPA ::

Na Imprensa Moçambicana:

Maputo, quarta-feira, 30.09.2009 - Vertical, nº 1916 - “CC agiu com base em carácter político”, diz G15 - “A comunidade internacional deve decretar sanções económicas e políticas imediatas e incondicionais ao Governo moçambicano por este não respeitar e não fazer respeitar os princípios básicos da democracia e consequentemente o atropelo dos protocolos e das leis nacionais e internacionais”.

Os Partidos Políticos excluidos parcial e/ou totalmente das eleições Legislativas de 28 de Outubro próximo - em acórdãos separados - contestam a decisão e fazem “exigências para garantir a estabilidade no país”. Francisco Campira, porta-voz de 15 forças políticas sublinhou que houve injustiça nas decisões dos dois órgãos, insistindo no cumprimento rigoroso dos riquisitos exigidos por Lei, ou melhor: “cancelamento imediato da campanha eleitoral, demissão imediata e em bloco dos membros do CC e dos órgãos eleitorais, nomeadamente Comissão Nacional de Eleições (CNE) e Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE)”, além de uma convocação pelo Presidente da República (PR) Armando Guebuza, de uma sessão extraordinária da Assembleia da República (AR) para analizar o actual processo político-eleitoral.

Composto pelos partidos PASOMO, SOL, UD, UNO, UPM, PIMNO, PANAMO, PUMILD, PPLM, MPD, UDM, PARENA, Ecologistas, PT e coligação EU, alertam ainda sobre a necessidade da intervenção da SADC e UA, para a tomada de acções contundentes de forma a repor a ordem democrática e jurídica revistas na Constituição e nas demais eis e, “o levantamento da revolta popular, através de manifestações pacificas em todo o país e a abstenção nas urnas”.

Os partidos políticos consideram que “uma mão estranha determinou o afastamento dos partidos, sem olhar para as repercussões que poderão advir da exclusão dos candidatos e dos milhares de moçambicanos que ficarão fora deste processo”, disse o porta-voz do Grupo dos 15, e/ou G15. (redacção e J.Z).

- Principais títulos de hoje na mídia impressa moçambicana:

  • 30/09/2009 Eleições 2009-Boletim nº. 9 sobre o processo político em Moçambique: CC rejeita recurso do MDM e diz que MDM tem falta de candidatos;
  • 30/09/2009 Canal Livre -Ano 1 nº. 48: “Frelimo fomenta medo e terror em Gaza” acusa MDM;
  • 30/09/2009 Canal Livre - Ano 1 nº. 48: Canal de Opinião por Manuel de Araújo - E caiu o pano – CC HOMÓLOGA CNE!
  • 30/09/2009 Canal Livre - Ano 1 nº. 48: Na Assembleia da República Frelimo e Renamo unem-se para expulsar deputados que concorrem pelo MDM;
  • 30/09/2009 Canal Livre - Ano 1 nº. 48: Violência na caça ao voto em Tete - Caravana da Renamo atacada no distrito de Chiuta;
  • 30/09/2009 Canal Livre - Ano 1 nº. 48: Chefe de Relações Públicas do Governo provincial de Tete ameaça jornalista do Canal de Moçambique;
  • 30/09/2009 Diário de Notícias – Edição 1483: Partidos políticos excluídos dizem que vão provocar “revolta” popular e sabotagem;
  • 30/09/2009 Diário de Notícias – Edição 1483: Frelimo e MDM “choramingam”;
  • 30/09/2009 MédiaFAX - Edição 4383: Caso o processo eleitoral não seja adiado, excluídos ameaçam apelar à abstenção;
  • 30/09/2009 MédiaFAX - Edição 4383: Em Maputo para analisar a decisão do CC, Daviz Simango interrompe campanha;
  • 30/09/2009 Vertical - Edição 1916: EDITORIAL - DEMOCRACIA À MANEIRA MOÇAMBICANA E/OU LIÇÕES APRENDER NO FUTURO.

Nenhum comentário: