segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Diversificando: Os centenários bondes elétricos de Santos

(Clique na imagem para ampliar. Imagem original daqui)

Anualmente, dia 23 de Setembro é o Dia Municipal do Bonde em Santos, estado de São Paulo, Brasil, data que, depois de quase 30 anos de esquecimento e abandono, marca o retorno dos bondes elétricos às ruas e ao centro antigo da cidade, em linha turística que passa por várias edificações-monumentos testemunhas de uma época de muita riqueza.

Em 2005 a cidade do Porto em Portugal doou 3 exemplares de bondes elétricos para Santos. Em 24 de Janeiro de 2006 foi inagurado o primeiro veículo totalmente recuperado e de cor amarela. Em 23 de Setembro de 2008 foi inaugurado, a meio de muita comemoração, o segundo veículo, desta vez de cor verde. Nas oficinas de bondes, ainda há mais um bonde português, 1 norte-americano e 2 italianos. Os bondes estão sendo reformados e circularão nas linhas turísticas que contam com 5kms. de extensão no total, no centro histórico de Santos.

Os três bondes doados pela cidade do Porto, em Portugal, tiveram seus sistemas totalmente adaptados para poder rodar nas linhas santistas, junto aos dois procedentes da Escócia e um reboque. Ainda estão sendo restaurados dois exemplares italianos, doados pela cidade de Turim. Um deles funcionará como restaurante sobre trilhos. Completam o acervo, outros dois exemplares norte-americanos doados pelo Sesc-Bertioga, somando 10 carros, incluindo o que funciona como ponto de informações turísticas na praia do Gonzaga. Assim, em quatro anos, o acervo passou de três para dez unidades.

Paralelamente, a ampliação da linha turística contemplará 40 pontos de interesse histórico, artístico e cultural. Para que tudo isso se tornasse realidade, foi necessário superar inúmeros desafios técnicos num esforço conjunto da Prefeitura Municipal e da Companhia Santista de Transportes Coletivos - CET, responsável pela recuperação dos sistemas originais de funcionamento dos antigos veículos. O serviço representou um grande desafio técnico e as informações elétricas e mecânicas necessárias foram fornecidas pela Companhia de Transportes Coletivos do Rio de Janeiro, auxiliada pela Fundação Arquivo e Memória de Santos, na recuperação de documentos, fotos e plantas.

O desfile dos bondes pelos trilhos da cidade de Santos representa um verdadeiro museu a céu aberto, dotado de peças representantes de vários países, que encanta, a preço simbólico de R$1,00, quem os utiliza e aprende a conhecer o passado importante de Santos, e emociona quem, como eu, teve a felicidade de neles andar, ainda jovem estudante, pelas ruas da Invicta Cidade do Porto, rumo a Campanhã, às Antas, à Praça ou até à Foz do rio Douro...

  • Outros post's deste blogue sobre os Bondes de Santos - Aqui!
  • Quase tudo sobre os Bondes de Santos no Blogue "Muito Bem!" de Emilio Pechini!
  • Bondes sobreviventes no Brasil (pdf).

Um video sobre o 23 de Setembro, Dia Municipal do Bonde de Santos, onde poderemos observar os restaurados "portuenses" 193 (10) e 224 (14) circulando pelas ruas antigas da cidade santista:

- Fontes de dados: Youtube, Revista Beach & Co., Google e blogue "Muito Bem".

  • Centenário 1909 - 2009: No dia 28 de abril de 1909 os bondes elétricos começaram a circular em Santos, operados pela empresa The City of Santos Improvements Company. Até então, os veículos eram puxados por animais ou movidos à vapor.
    A novidade marcava a modernização do sistema de transporte público do município, o qual exerceu importante papel no crescimento da economia e o surgimento de novos bairros ao longo do seu trajeto.
    Cem anos depois, o bonde é uma das principais atrações turísticas da cidade, transportando santistas e visitantes numa viagem inesquecível pelos trilhos da Linha do Centro Histórico. Mais de 830 mil pessoas já fizeram o passeio! - Bonde Turístico de Santos; Prefeitura Municipal de Santos.

Nenhum comentário: