sábado, 3 de abril de 2010

HERÓI OCULTO - Herculino Loureiro













Oxala pudesses escutar
Sem necessidade dos teus ouvidos…
Oxala um dia possas falar
E ser entendido
Para alem da tua voz!...
Oxala que possas abraçar o Mundo
Sem necessidade dos teus braços!

Oxala, Oxala!

Oxala venhas a voar
Sem mesmo ter asas...
Oxala tudo pudesses aprender
Sem precisares de sofrer...

Oxala, Oxala!

Oxala pudesses ouvir
A Grande Voz do Silencio
Que nunca para de aconselhar
E nunca é escutado para nada!

Oxala, Oxala!

Oxala pudesses ser
Essa Fonte inesgotavel
De Luz, de Verdade e de Vida
Onde todos os Homens
(Errantes, Ignorantes, Famintos e Sedentos)
Pudessem saciar a Ansia
De Conhecimento, Justiça,Liberdade , Paz e Amor!

Oxala, Oxala!

Oxala pudesses despertar esse HEROI:
O CRISTO ha muito adormecido
Dentro de Ti!

Oxala, Oxala!

- Herculino Loureiro.

2 comentários:

Francisco Loureiro disse...

foi uma surpresa agradavel de me encontrar com o meu irmao na internet atraves deste bonito poema. sei que tens outros trabalhos literarios que poderiam ser tambem editados. Lembro-me por exemplo daquele sobre a cidade de pemba, com o qual concorrreste para um concurso, para a ocasiao da comemoraçao de um aniversario da cidade de pemba. Parabens por esta iniciativa e oxala que nao pares por aqui.
Chico, pemba

Herculino L disse...

Caro Chico:

Obrigado pela tua apreciacao e incentivo que registo com especial emocao. Tambem estava longe de esperar que alguem que me compartiu o berco me seguisse (longe no espaco e tempo)os passos. Felizmente as maravilhas da tecnologia e a concorrencia de pessoas amigas fazem que tudo isto seja possivel. Sabes que escrever nao me e dificil. A minha precaria situacao nao me facilita o tempo para isso...Obrigado pela tua PRESENCA. Sensibilizado o meu caloroso abraco