quinta-feira, 6 de maio de 2010

Retalhos: De Porto Amélia a Pemba - D. José dos Santos Garcia, 1º Bispo de Porto Amélia

Para anotar... porque faz parte da História de Pemba...
D. José dos Santos Garcia comemorou 90 anos em 16 de Abril de 2003

"Nascido a 16 de Abril de 1913, D. José dos Santos Garcia, Bispo Emérito de Pemba, comemora hoje (16 de Abril de 2003) o seu aniversário com a presença de quase todos os Bispos Portugueses, alguns padres da Sociedade Missionária da Boa Nova e da Diocese da Guarda na sua terra natal, Aldeia do Souto.

D. José é membro da Sociedade Missionária, trabalhou enquanto jovem Padre nos seminários de Portugal, foi um grande obreiro da Missão do Mutuáli, Diocese de Nampula, onde construiu a Igreja, internatos masculino e feminino e centro de saúde.

Nomeado Bispo de Porto Amélia, hoje Pemba, em 1957, promoveu uma bem planeada pastoral em que eram prioridades a formação do clero, dos leigos e de religiosas moçambicanas. Para isso criou os Seminários, a Escola de Professores Catequistas e a primeira congregação religiosa de Moçambique, Filhas do Coração Imaculado de Maria. Promoveu a evangelização e dotou as missões de esmerada estrutura. Sofreu com a divisão da sua diocese nos tempos da luta pela independência quando não podia visitar todos os cristãos.

Voltando a Portugal em 1974, colaborou com a Diocese da Guarda naquilo que lhe foi pedido e ele faz questão de destacar as aulas de missionologia aos seminaristas. D. António Santos, actual Bispo da Guarda, reconhece que "é difícil fazer registo completo dos valiosos serviços prestados a esta Diocese".

Depois dos 85 anos dedicou-se a reformar a Igreja e as capelas da sua terra natal, Aldeia do Souto e a escrever livros: Alicerce e Construção duma Igreja Africana, Diário do Mutuáli, Evangelização de Cabo Delgado e Notas para a História da Paróquia de Aldeia do Souto. Este dois últimos serão oferecidos aos amigos no dia da festa dos 90 anos. Além de reflexões pessoais, os três primeiros são documentos para história da Igreja em Moçambique."

Memórias de Bispo-Pai Natal
"D. António Santos (Bispo da Guarda) cita alguns episódios narrados na primeira pelo aniversariante , por ocasião das visitas pastorais, apresentando-os como exemplo da "simplicidade e simpatia" do grande "Bispo Missionário".

"O primeiro deu-se em Orjais, pelo ano de 1975. Fui lá com D. Policarpo e cheguei dez minutos antes. Subi a escadaria da casa do pároco onde, a meio, estavam dois pequenos que iam ser crismados. Um disse: o senhor é que nos vai crismar? Ao que respondi: posso ser ou não! O outro observou: o senhor com essa batina, essa faixa vermelha, essa cruz e esse chapeuzinho está mesmo porreirinho..."

O segundo caso que o aniversariante costuma relatar ocorreu em 1988. "Uma jovem foi crismada no Fundão e quando chegou a casa disse à mãe: mãe, sabes quem me crismou? Foi o Pai Natal! A senhora viu-me passar a pé, saiu de casa e veio contar-me a história".

NOTA - D. José dos Santos Garcia ainda é vivo, conta com 92 anos(*) e está com uma memória previlegiada. Sempre bem disposto estivemos com ele no passado Domingo, dia 7 de Agosto de 2005.
Tivémos ainda a felicidade de poder assistir à eucaristia por ele celebrada, ao meio dia, na capelinha da sua residência. Quem o quiser visitar, não é difícil encontrá-lo: -Aldeia do Souto (entre a Guarda e Belmonte) sua terra Natal. Grande contador de histórias fala com muita saudade das gentes de Pemba e de outras localidades por onde passou por terras de Moçambique.
- Maria José Costa em 17 de Agosto de 2005 - 09h48.
* - D. José dos Santos Garcia está com 97 anos feitos no passado dia 13 de Abril de 2010. E continua muito lúcido.
(Clique em todas as imagens deste post para ampliar)
(Transferência de arquivos do sitio "Pemba" que será desativado em breve)

Nenhum comentário: