sábado, 28 de agosto de 2010

A MISSA LUBA em Cabo Delgado e os Irmãos Meels

A Missa Luba foi executada na Catedral de São Paulo, em Porto Amélia, hoje Pemba, nos anos 60, ensaiada e regida pelo padre Guilherme Meels (Guillaume (Giel) Meels), cidadão holandês, da Missão de Nangololo (Missão do Sagrado Coração de Jesus de Nangolo, criada em 1924) e irmão do padre José Meels (Jan Jozef Meels), pároco da Diocese de São Paulo em Pemba. Sobre o padre Guilherme Meels [Guillaume (Giel) Meels], recomenda-se a leitura de "A Guerra dos Macondes", de D. José dos Santos Garcia, primeiro Bispo da Diocese de Porto Amélia.

A Missa Luba é originária do ex-Congo Belga (Congo Leopoldville, mais tarde Zaire e hoje RDC) e foi adaptada e cantada em XiMakonde. Alguns dos jovens que faziam parte do coro e do grupo de instrumentistas ainda estão vivos. Fizeram sucesso em Pemba (na época designada por Porto Amélia), de tal modo que - mas não se pode afirmar com certeza - estavam para atuar na Ilha de Moçambique e outras cidades do país, naquele tempo ainda colônia portuguesa.

O padre Guilherme Meels [Guillaume (Giel) Meels] nasceu em 24 de Maio de 1915 [era 8 anos mais novo que seu irmão o padre José Meels (Jan Jozef Meels)]. Ordenado sacerdote em 8 de Setembro de 1935, foi para Moçambique em 1946, para a Missão de Nangololo. Teve de sair de lá pouco depois do início da luta armada de libertação nacional e só regressou em 1976. Repetimos que, deste período, D. José dos Santos Garcia, Bispo de Porto Amélia, dá informações e depoimentos muito interessantes no seu livro já mencionado acima “Guerra dos Macondes”. De 1976 a 1979, esteve em Hoensbroek - Holanda. De 1979 a 1982 trabalhou em São Paulo - Brasil (os Monfortinos estão espalhados pelo Mundo). Regressou em 1982 a Hoensbroek - Holanda, onde ficou até 1986. Faleceu com 86 anos, em Houthem – Holanda em 23 de Novembro de 2001.

Seu irmão, o padre José Meels era sacerdote da Congregação de São Luís de Montfort. Esta Congregação veio para Moçambique através da Companhia do Niassa. Esteve em Moçambique desde 1933 onde permaneceu até 1979. Foi pároco da Paróquia de São Paulo - Porto Amélia (hoje Pemba). Nasceu em 27 de Agosto de 1907, em Schweijkhuizen – Holanda. Faleceu aos 85 anos, em 29 de Dezembro de 1992, em Houthem - Holanda e foi sepultado em 2 de Janeiro de 1993 em Schimmert - Holanda.

Os padres Meels eram, respectivamente, o 3º e 5º de um total de 8 filhos do casal holandês Jan Willem Meels e Maria Cornelia Petri, originários de uma família com laços na Holanda e na Bélgica.

Tivemos a felicidade de os conhecer e com eles conviver na então Porto Amélia. Este post é um tributo modesto mas devido a dois missionários (entre outros) que, únicamente imbuídos de espírito solidário e cristão, se dedicaram a ajudar o povo humilde e pobre de Cabo Delgado. E, quando jovens eramos, nos permitiram aprender a apreciar a beleza da MISSA LUBA que ainda hoje nos emociona e encanta.
- Agradeço a meu “velho” e caro Amigo J. N. Carrilho as informações que permitem este texto.

Nenhum comentário: