segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Faleceu Ana Alzira Ferreira da Costa Soares

Nome - Ana Alzira Ferreira da Costa Soares.
Nasceu no Ibo em 30 de Junho de 1926. Residiu a maior parte de sua vida em Porto Amélia hoje Pemba.
Foi casada 60 anos com o Senhor Pantaleão António Macedo, também natural do Ibo e já falecido, sepultado em Nampula.
Veio para Lisboa faz poucos anos.
Mâe de Arsénio António Macedo, Estefânia, Maínho, Caucho, Belita, John e António.
Faleceu ontem de manhã com 81 anos de idade.
O corpo está na Igreja de Patameiras - Odivelas.
Seu funeral realiza-se hoje às 16h00 para o cemitério de Odivelas que fica na antiga estrada de Paiã - Rua Antero de Quental (às Patameiras) - Odivelas.
.
Acrescento:
Foi e é uma grande MÃE e uma SENHORA !
As pessoas só passam da parte física para a espíritual...Permanecem em espírito pairando, olhando por nós...
A D. Ana Alzira, de olhar bonito, genuínamente Moçambicana até na forma de vestir, recebeu-me vezes sem conta, de braços abertos, quando criança, em sua casa de macuti e barro mas repleta de conforto humano e amizade, na Porto Amélia colonial, como se seu filho fosse.
Para lá "fugia" com meu companheiro Arsénio, depois das aulas, para ouvir eternas melodias de Roberto e Erasmo Carlos, tocadas em um Teppaz a pilhas e com intervalos onde nos presenteava Mãe Ana Alzira com umas chamussas sem igual.
Sentia-me muito bem naquela casa lá do Natite que jamais esquecerei !!!
Voltei a abraçá-la hà pouco mais de um ano atrás em Loures.
Já não estava bem.
Mas o sorriso e os olhos bonitos eram os mesmos...Acariciaram meu coração longamente e agarrou minhas mãos com a força da saudade de muitos anos...
Pouco falava...Queria voltar para Moçambique para perto do seu saudoso Pantaleão falecido em Nampula...queria voltar a sentir o calor de África.
Vim embora com o pressentimento que não a voltaria a ver no mundo terreno. Mas abraçá-la-ei no futuro, no mundo espíritual. E sei que me receberá e abraçará como sempre, sorridente com seu olhar bonito e meigo.
Jaime Luis Gabão - Brasil, 13/01/08

Nenhum comentário: