quarta-feira, 18 de janeiro de 2006

A PEMBA do Júlio Carrilho XXIX

Arquitectura moderna - Edifício para escritório e casa geminada de dois andares.
Um tema similar que encontra duas respostas bastante diferentes.
Na primeira imagem abaixo é ilustrado o projecto (DCU-Pemba) de um edifício para escritório da Junta de Comércio Exterior na avenida Marechal Craveiro Lopes (actual avenida Eduardo Mondlane) e sua imagem actual, sendo agora sede da Direcção Provincial de Industria e Comércio e da Direção Provincial da Justiça.
Trata-se de um projecto de rotina, provávelmente elaboração de gabinete no anos Sessenta e que mistrura elementos tradicionais como por exemplo a forma requintada do telhado, com elementos simplificados do léxico da arquitectura moderna ou simplesmente na moda, como a parede em pedra irregularmente cortada.*
-----
*Nota do blogue - Neste edifício e ainda no tempo colónia trabalhavam e residiam, já que o andar superior era moradia para funcionários, em uma das residências, o casal Mendes e seu filho Emanuel Mendes, oriundos da Ilha da Madeira e na outra residência o Sr. Barradas - pessoa muito conhecida por sua ligação ao desporto Moçambicano quando jovem-, sua filha Maria João Barradas, prof. Adelaide. O chefe da repartição chamava-se Leite Faria, conforme nos lembra nossa Amiga IO do "Chuinga".
-----
Mais sóbria no desenho da fachada é a casa geminada de dois andares na segunda imagem abaixo, da qual igualmente é apresentado o projecto (DCU-Pemba) e uma vista forntal no seu estado actual.
O título desta série de imagens leva o nome do Arquiteto Júlio Carrilho por ser (sem desmérito aos demais autores) um dos obreiros desta publicação da FAPF e, em simultâneo, ter sua origem de nascimento no belo recanto de Cabo Delgado.
Poderão ver este e demais textos com imagens em:Home Pemba - História em Imagens e Textos(http://geocities.yahoo.com.br/historiapemba/) .
Fotos e textos extraídos da recente publicação "Pemba as duas cidades" de autoria da Sandro Bruschi, Júlio Carrilho e Luis Lage.
Edição FAPF (Faculdade de Arquitectura e Planeamento Físico da Universidade Eduardo Mondlane - Maputo - http://www.architecture.uem.mz/

Clique nas imagens para ampliar.
Continuaremos colocando aqui, nos próximos tempos, imagens inéditas de Pemba e textos deste excelente trabalho "Pemba as duas cidades".
Agradecemos aos autores e a Z. N. C.

2 comentários:

IO disse...

Exactamente! o Emamnuel e os pais eram vizinhos da minha avó, na flat que era alugada pelo pai da Maria João Barradas. Foi nesta casa que vivi também, a primeira vez que estive um mês em Porto Amélia, em 69! - em baixo era uma repartição pública, à época o chefe dela era o Leite Faria - incrível recordação, Jaime!! Grande Abraço, IO.

gotaelbr disse...

Olá IO...o que uma simples imagem fotográfica não faz em nossa memória ???...E ainda tem quem critique este tipo de registo achando-o saudosista! Mas é o saudosismo sadio por fatos passados e pessoas de nossa vida que faz a história. Anoto com prazer tua oportuna "recordação". Muitos nomes ficariam esquecidos não fosse a ajuda da "meia-duzia" de Amigos que nos entendem e aqui vêm.

Beijão,

Jaime