sexta-feira, 26 de janeiro de 2007

Pemba - Juiz ameaça fechar semanário “Horizonte”.


O juiz presidente do Tribunal Judicial da Cidade de Pemba, em Cabo Delgado, Orlando Zunguze, ameaçou, ontem, em plena sala de audiências, mandar fechar o semanário “Horizonte”, uma publicação local que deveria ter sido julgada num caso que envolve uma ONG nacional de desenvolvimento rural (UMOKAZI).
A referida agremiação acusa o jornal de difamação e injúria, razão pela qual pede uma indemnização de 12 milhões de meticais.
“Se vocês não arranjam um advogado, o tribunal vai acabar com o vosso jornal” – disse o juiz, perante 11 jornalistas que queriam cobrir o julgamento.
A pedido do “Horizonte”, a sessão foi adiada porque o semanário não tem dinheiro para pagar o advogado, daí que o tempo solicitado, até 7 de Fevereiro, os responsáveis acreditam diligenciar no sentido de angariar fundos para o efeito.
Miguel Akanaída, editor do “Horizonte”, recusou a “oferta” do tribunal de indicar um defensor oficioso, preferindo que o mesmo seja da confiança do jornal.
O jornal acha não ser urgente a resolução do problema com vista a pagar a indemnização, daí que considera ser importante constituir uma defesa credível e à altura de responder ao processo.
Por outro lado, o sindicato Nacional de Jornalistas, através da sua representação em Cabo Delgado, emitiu um comunicado em que questiona o carácter célere que o tribunal pretende imprimir neste caso, onde o epicentro da questão resulta do facto do semanário ter denunciado uma alegada má gestão dos bens por parte do Conselho de Administração da UMOKAZI, numa publicação de 3 de Fevereiro de 2006.
Para todos os efeitos, o tribunal deu 10 dias para que o “Horizonte” possa constituir um advogado, devendo o julgamento acontecer a 7 de Fevereiro.

Maputo, Sexta-Feira, 26 de Janeiro de 2007:: Notícias

Nenhum comentário: