quinta-feira, 22 de fevereiro de 2007

Donativo de 95 mil livros para Cabo Delgado


O governo de Cabo Delgado, através da Direcção Provincial da Educação e Cultura recebeu esta semana um donativo de 95.000 livros escolares e didácticos, de diferentes níveis de escolaridade e subsistemas, oferta da Fundação Aga Khan em parceria com a “Texto Editores”.
Rui Rocha da “Texto Editores” justificou o gesto como partindo do facto de que Cabo Delgado tem muita necessidade de se apetrechar com o máximo possível de livros, uns adquiridos e outros oferecidos, que a tornou elegível dentro duma programação iniciada há três anos e que começou em Tete e Inhambane.
Em parceria com a Fundação Aga Khan a “Texto Editores” quer com o gesto cativar o hábito e cultura pela leitura em Cabo Delgado, em particular e, segundo os seus representantes, esperam que a acção tenha sucesso e traga benefícios aos estudantes e professores, que “mesmo carenciados de material escolar trabalham afincadamente para o sucesso escolar e desenvolvimento do nosso belo Moçambique”.
Antuía Soverano, directora provincial da Educação e Cultura, que recebeu a oferta, na presença do director Regional da Fundação Aga Khan, Minóz Hassane e do Presidente do Conselho Municipal de Pemba, Agostinho Ntawale, comprometeu-se, na oportunidade a cuidar da melhor forma o donativo, tendo em conta que o livro só tem importância quando for usado.
“Vamo-nos organizar rapidamente para que o livro chegue aos destinatários, nomeadamente do ensino básico, secundário e nas instituições de formação de professores”.
Tratou-se, segundo o director regional da Aga Khan, de mais um sinal de uma parceria bem encaminhada entre a sociedade civil representada pela sua organização e o Governo provincial, visando o desenvolvimento.
Maputo, Quinta-Feira, 22 de Fevereiro de 2007:: Notícias

Nenhum comentário: