quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Portugal-SAÚDE-Como não é a Digníssima Mãe deles que precisa do serviço de urgências hospitalares...

(Imagem original daqui)
.
Em 24 de Abril de 2007 a agência "Lusa" divulgava:
  • "Portugal ofereceu estádio à cidade palestiniana de Al-Kahder - O novo Estádio Internacional da cidade de Al-Kahder, nos arredores de Belém, Cisjordânia, cuja construção foi financiada por Portugal, através do Instituto Português de Cooperação para o Desenvolvimento (IPAD), vai ser inaugurado segunda-feira.
    O recinto, uma oferta de Portugal aos desportistas palestinianos cuja construção custou dois milhões de dólares, tem capacidade para 6.000 espectadores, é certificado pela FIFA e dispõe de piso sintético e iluminação.
    A cerimónia de inauguração, que tem o alto patrocínio do presidente Mahmoud Abbas, abrirá com uma marcha de escuteiros locais, conduzindo as bandeiras de Portugal e da Palestina, e a execução dos respectivos hinos nacionais.
    Na cerimónia discursarão a ministra do Turismo, Khouloud Daibes, em representação do Presidente, Jorge Torres Pereira, representante de Portugal junto da Autoridade Nacional Palestiniana, em nome do Governo português e do IPAD, e o presidente da Câmara de Al- Khader, Adnan Sbeih.
    Segundo informações obtidas pela Agência Lusa, Portugal irá oferecer camisolas dos jogadores Cristiano Ronaldo, Deco e Quaresma, que serão expostas numa sala do estádio Al-Khader.
    Os organizadores estão a envidar esforços para a obtenção de mensagens vídeo de Luís Figo, Cristiano Ronaldo, José Mourinho e Luís Filipe Scolari, para serem difundidas durante a cerimónia.
    Segundo o representante diplomático de Portugal, estas "seriam naturalmente, mensagens de apoio às esperanças e às alegrias bem conhecidas dos praticantes e adeptos do futebol e representariam mais uma forma de passar uma mensagem de paz à juventude palestiniana, na língua internacional, que é o desporto".
    Após a cerimónia inaugural, vai disputar-se um jogo entre a equipa local Al-Khader, reforçada com os melhores jogadores palestinianos, e a equipa Maccabi Akhi Natsrat (Nazareth), uma equipa da primeira divisão israelita, que integra jogadores árabes e judeus.
    Khalil Shahwan, director do Departamento de Juventude e Desportos de Belém, agradeceu, em entrevista publicada hoje pelo diário El-Quds, à "nação amiga portuguesa" pela sua importante contribuição, esperando que esta sirva de exemplo a outros países, para que ajudem o povo palestiniano a realizar as suas necessidades."
- Bonito...politicamente correto. Ficaram todos bem na fotografia!
Entretanto, "rondando" a net, encontrei e transcrevo com a preocupação e angustia de quem vê parentes Queridos, em Portugal, sofrerem as vicissitudes da incompetência, da frieza, da falta de sensibilidade humana demonstrada por quem governa Portugal e com as revolta e repulsa que voto a determinados políticos que, do alto de seus pedestais de vidro, olham para os mais humildes como seres insignificantes:
  • Blog "Eu Jornalista" - "O novo estádio da cidade de Al-Kahder, nos arredores de Belém, na Cisjordânia, cuja construção foi financiada por Portugal, através do Instituto Português de Cooperação para o Desenvolvimento, vai ser inaugurado na próxima segunda-feira... ... ... Já fechámos urgências, maternidades, centros de saúde e escolas primárias, mas oferecemos um estádio à Palestina. Devíamos fechar o Hospital de Santa Maria e oferecer um pavilhão multiusos ao Afeganistão. A seguir fechávamos a cidade Universitária e oferecíamos um complexo olímpico (também com estádio) à Somália e por último fechávamos a Assembleia da República e oferecíamos os nossos políticos aos crocodilos do Nilo."

Pois é...digo eu para fechar: Não é a digníssima Mãe desses senhores que carece de proteção hospitalar decente e próxima em caso de emergência. Residem em templos repletos de benesses sociais e cívicas exclusivas, com o padre de plantão ao pé do altar... E, se assim não acontecer, qualquer avião particular ou helicóptero será solução imediata e rápida que os levará para os melhores centros hospitalares, quem sabe além fronteiras ou até à vizinha Espanha. O "resto", que aguente e pague a ambulância e os impostos ! ...ou morra !

5 comentários:

Anônimo disse...

É lametável e vergonhoso o que estão a fazer com a população de Portugal.

Mónica

Anônimo disse...

Quem cala consente. Até quando ?
Nota-se que a imprensa lusitana anda apática e pouco tem dado relevo a essas medidas vergonhosas e ineficientes de contenção de gastos, que castigam os humildes e pobres da sociedade portuguesa. O que transmite a impressão que tais atitudes do senhor Sócrates e seus ministros estão no caminho certo. Será assim ?
Bem dito aqui - Não lhes toca no ´pêlo´...ou na família...ou neles próprios, porque têm posses para cuidar da saúde nos melhores hospitais da Europa ou então vão ´relaxar´ e descontrair para as Caraíbas. O ´resto´, que é o povo, que aguente o inverno da vida e se ... ...

Timótio na França

Maria de Fátima disse...

Pois é Paizinho!!!
Isto cá em Portugal vai de muito mal a muito pior!!!!
A nossa Querida Mãe/Avó, esteve cerca de 8 horas, repito 8 HORAS à num corredor de urgência de hospital à espera para se vista por um médico!!!! O QUE SE ESTÁ A PASSAR NO NOSSO PAIS É UMA VERGONHA!!!! UM ESCANDALO NACIONAL!!!
Mas se fosse a Mãe do Srº Ministro, muito provavelmente nunca iria entrar pela porta da urgência, mas sim pela porta do cavalo, pois todos eles "Montaram" muito bem o cargo político.... para bom entendedor...
Temos de reclamar, de berrar muito!!! Temos de Tentar mudar este País!!!

André Rodrigues disse...

em resposta a este assunto, leiam o post de 18/01/2008 no seguinte blog

http://amarcadeagua.blogspot.com/

eu proprio transcrevia para aqui, mas é demasiado grande para isso.

André Rodrigues disse...

enganei-me na data, é 17 de janeiro e nao 18.