terça-feira, 23 de setembro de 2008

Cabo Delgado - Bacia do Rovuma: os primeiros resultados da prospecção sísmica já saíram.

O governo já recebeu os primeiros resultados da prospecção sísmica efectuada na bacia do Rovuma, disse sexta-feira em Maputo Carlos Zacarias, administrador de projectos do Instituto Nacional de Petróleos (INP).
No decurso de um encontro entre o governo e representantes das empresas petrolíferas a operar em Moçambique, Zacarias disse ainda que os dados sísmicos têm "grande qualidade" e que estão neste momento a ser analisados.
A exploração petrolífera decorre não continuadamente tanto em terra como no mar na bacia do Rovuma tendo o governo de Moçambique concedido licenças à Anadarko (Estados Unidos da América), Artumas (Canadá), ENI (Itália) e Norsk Hydro (Noruega).
As quatro empresas já investiram cerca de 300 milhões de dólares em trabalhos exploratórios, em cinco blocos na bacia do Rovuma.
A empresa malaia Petronas está a prospectar petróleo na bacia do Zambeze e, recentemente, a sul-africana Sasol e o consórcio Osho Energy (controlado por empresas do Paquistão e dos Emiratos Árabes Unidos) receberam uma licença para explorar dois blocos em terra em Inhambane, a ocidente dos campos de gás natural de Pande e Temane.
- Macauhub - Maputo, Moçambique, 24Set08.

Nenhum comentário: