terça-feira, 20 de setembro de 2005

Um elétrico chamado Amizade !!! (2)



Chegaram os 'elétricos' de meu tempo de estudante no Porto:





Terça-Feira, 20 de Setembro de 2005, 07:43
Bondes doados por Portugal são descarregados no Tecon (porto de Santos)
Via:"A Tribuna Digital"

Os três bondes doados pela Sociedade de Transportes Coletivos do Porto, de Portugal, chegaram ao cais santista no início da manhã de ontem.
A entrega oficial será realizada hoje, às 10 horas, com a participação do prefeito João Paulo Tavares Papa, no terminal da Rodrimar, no Cais do Saboó, em Santos.
A cerimônia não será aberta ao público.
A Prefeitura anunciou que deixará os veículos à mostra, para que a população possa conhecê-los, logo que o despacho aduaneiro das cargas seja concluído.
Até ontem, o local da exposição ainda não havia sido definido.
Os veículos foram trazidos pelo navio Aliança Europa, que atracou por volta das 7h40 no Terminal de Contêineres (Tecon) da Santos Brasil, na margem esquerda do complexo, em Guarujá.
Eles vieram dentro de contêineres flatrack (contêineres que não têm o teto e as laterais), presos por correntes no piso do cofre, sobre o convés da embarcação.
Devido a sua localização a bordo, os bondes foram as primeiras cargas a serem descarregadas.
A operação de desembarque começou por volta das 8 horas e se estendeu até as 8h30.
As mercadorias foram levadas para o pátio do Tecon, de onde seriam retiradas pelo Grupo Rodrimar, que irá guardá-las em seu terminal (na margem direita, em Santos) até o término do despacho aduaneiro.
De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, uma cerimônia simples marcará a entrega dos três bondes ao Município.
Assim que forem incorporados ao patrimônio da Cidade, a administração estuda deixá-los à mostra por alguns dias até iniciarem as restaurações.
A recuperação dos modelos será feita nas oficinas da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), responsável pela reforma dos atuais bondes que circulam na região histórica do Município.
Um dos trabalhos da empresa será manter as cores dos veículos originais, amarelo e branco. Além disso, cada um deles ostentará em sua fachada o nome do local de origem.
--------------------------
Reforma
Um dos três bondes vindos da cidade do Porto terá que ter uma minuciosa recuperação.
Já, os outros dois, em estado regular, não vão demandar grandes trabalhos.
A Administração Municipal planeja concluir a reforma nos próximos meses, antes da próxima temporada de verão (2005/2006).
A proposta é integrar os veículos à linha turística que circula pelo Centro Histórico e terá seu traçado ampliado, de 1,7 quilômetro para 5,2 quilômetros.
O aumento do percurso será feito com recursos do Fundo das Estâncias Balneárias.
A intenção da Prefeitura é buscar bondes em outros países para formar o Museu Vivo do Bonde. Já foram feitos contatos com cidades que preservam este tipo de transporte urbano, como Hamburgo (Alemanha), Milão (Itália) e São Francisco (Estados Unidos).
A importação dos bondes, do Porto para Santos, ocorreu graças ao apoio da armadora Aliança Navegação e Logística; da companhia Orey-Alemoa; do Grupo Rodrimar; do Hotel Palácio Lousã (Portugal) e do empresário Emídio Mendes; do escritório de advocacia Mehanna Khamis Associados; do empresário Geraldo Pierotti; e de A Tribuna.
A partir da união dessas firmas, a Prefeitura conseguiu trazer os veículos gratuitamente, da Europa para a América do Sul.

Nenhum comentário: