sábado, 10 de dezembro de 2005

A PEMBA do Júlio Carrilho VIII.

(Continuação daqui).
Poderão ver este e demais textos com imagens em
Uma relíquia na espera de colocação: O que resta do Forte ROMERO.
O primitivo reduto fortificado foi transformado em um fortim chamado Forte S. Luis em 1863, embora em forma muito mais modesta do projecto aqui apresentado (Montez, op. cit., pág. 75).
Mais tarde foi dedicado a jerónimo Romero e reedificado como aparece na fotografia de cima
(Pereira, op. cit., pag. 224) e ainda hoje existe ao lado da estrada margnal em frente ao mar.
Fotos e texto extraídos da recente publicação "Pemba as duas cidades" de autoria da Sandro Bruschi, Júlio Carrilho e Luis Lage.Edição FAPF (Faculdade de Arquitectura e Planeamento Físico da Universidade Eduardo Mondlane - Maputo - http://www.architecture.uem.mz/
Clique nas imagens para ampliar.
Continuaremos colocando aqui, nos próximos tempos, imagens inéditas de Pemba e textos deste excelente trabalho "Pemba as duas cidades".
Agradecemos aos autores e a Z. N. C.
Visite Pemba em:

2 comentários:

jpt disse...

o blog está cada vez mais difícil e lento de abrir, e até intrusivo com outras janelas que se têm abertas simultaneamente. o mais de todos que frequento. não impede leitura, mas dificulta
cumprimentos

gotaelbr disse...

Tentando aperfeiçoar, se puder detalhar-me as tais janelas que abrem aleatorea e inoportunamente, para o e-mail gotael@terra.com.br, fico grato.
É que, por aqui funciona normalmente, mesmo com o bloqueador de "pop-up" desativado e não me aparecem as tais janelas. Quanto à lentidão verei o que o limitado painel de configurações me permitirá melhorar...julgo dever-se a usar mais imagens que texto, o que amplia a lentidão na mesma proporção que o blogue vai crescendo em arquivos.
Fico grato por seu bem vindo 'alerta' e receba um abraço.