sábado, 7 de abril de 2007

Pemba-Futebol-Associação Desportiva de Pemba é rebaixada.


Está consumada a descida da equipa da Associação Desportiva de Pemba, vulgo “Pembinha” para o Campeonato Provincial de Futebol de Cabo Delgado, depois de punida em virtude de ter desistido de participar na fase final do “Nacional” da Divisão de Honra, que teve lugar, na temporada passada, em Lichinga, capital provincial de Niassa.
Com feito, a Federação Moçambicana de Futebol (FMF), estrutura que superintende e organiza o futebol no país, reiterou no dia 18 de Março a sua posição anunciada em 13 de Outubro do ano passado, segundo a qual “de acordo com o preceituado na alínea a) do número um, do artigo 54 do Regulamento de Disciplina da FMF é punido com a pena de desclassificação da prova, o Clube da Associação Desportiva de Pemba, por desistência da Fase Final- Zona Norte, realizada em Lichinga”.
O comunicado, com o número 303/FMF/D/2006, 13 de Outubro manda o clube a pagar ainda uma multa de 600 meticais e uma indemnização à FMF no valor de 15 mil meticais, conforme vem previsto em disposições do já referido regulamento, e termina determinando que fica interdito de participar no campeonato a que desistiu no ano passado, nas épocas respeitantes a 2007 e 2008.
Entretanto, a Associação Desportiva de Pemba recorreu ao Conselho de Disciplina da FMF alegando que não havia recebido o comunicado que a punia atempadamente, pois só teve conhecimento, em 21 de Fevereiro deste ano.
Mesma posição é de Associação Provincial de Futebol, que em devido tempo se pronunciou nos mesmos termos, pela voz de Issa Tarmamade, presidente da mesma, que qualificou o castigo como resultado de um mau funcionamento da FMF.
Entretanto, a FMF reunida a 14 de Março para analisar o recurso do “Pembinha” diz que o facto de ter tomado tardiamente conhecimento da sua punição não desvaloriza a medida, sobretudo quando se tem em conta que o “Pemba” reconhece o carácter rigoroso do regulamento.
Por outro lado, o facto de ter comunicado a sua desistência em tempo que acha útil não resolve o problema de não ter ido a Lichinga disputar a fase final, sendo do móbil da questão que leva que na verdade lhe seja aplicada uma sanção.
Daí veio a decisão, em comunicado número 30/FMF/D/2007 que transcreve o acórdão número 7/CJFMF/2007, segundo o qual “face ao exposto e em cumprimento escrupuloso do Regulamento de Disciplina em vigor na FMF, o Conselho Jurisdiconal decidiu manter na íntegra a decisão tomada e tornada pública através do comunicado número 303/FMF/D/2006 e vem assinando por quatro componentes do Conselho.
Em Pemba, a direcção do clube acha que há algum espaço para recurso e vai entretendo os seus sócios e atletas, dando imagem de que seja possível ainda contornar a punição e assim poder participar na prova (Divisão de Honra), com aspirações de ingressar no Moçambola.
É assim que o “Pembinha” apresentou a sua equipa ao público numa partida e entre a massa associativa reina uma confusão decorrente da indefinição sobre a sua participação no segundo maior escalão do futebol nacional.
“Os nossos dirigentes não estão a ter coragem de nos informar que este ano não participaremos no “Nacional” da Divisão de Honra. Têm receio, talvez até remorsos”, gritam os sócios e adeptos do clube mais popular de Cabo Delgado.
PEDRO NACUO - Maputo, Sábado, 7 de Abril de 2007:: Notícias

Nenhum comentário: