quarta-feira, 16 de maio de 2007

Moçambique - Malária é principal causa de mortalidade !


O paludismo permanece a principal causa de morbidade e mortalidade em Moçambique, com cerca de dois milhões de casos recenseados entre 1 de Janeiro e meados de Abril deste ano, causando mil e 189 mortos. Estas estimativas são imprecisas, visto que se trata de casos e mortos de que o Ministério da Saúde é informado, tendo em conta que os pacientes nas regiões afastadas carecem de posto de saúde e são ignorados. O último boletim do Ministério, para o período de 8 a 14 de Abril, publicado segunda-feira, indica que 118 mil e 57 casos de paludismo foram recenseados, causando 71 mortos. Os dados reais são certamente mais elevados, visto que duas províncias (Manica e Cabo Delgado) ainda não enviaram os seus dados ao Ministério. A província mais afectada pelo paludismo foi Gaza com 31 mil e 707 casos e 18 falecimentos, seguida por Nampula com 31 mil e 655 casos e 17 mortos. Estes dados não indicam nenhuma baixa dos casos de paludismo em relação a 2006, onde seis milhões e 300 mil pacientes foram recenseados e cinco mil e 156 mortos registados. O paludismo é endémico em todo o país e é a causa de 40 por cento das consultas nos hospitais de Moçambique. O paludismo permanece a principal causa de mortalidade nos hospitais moçambicanos, onde é responsável por 30 por cento dos mortos registados.

Nenhum comentário: