quarta-feira, 24 de outubro de 2007

Ronda pela net - Prêmio Pulitzer: reconhecido oficialmente.

As fotografias que abalaram o mundo: "firing squad in iran".
Esta fotografia, distribuida pela agência UPI em 1980, recebeu o Prêmio Pulitzer sem que a identidade do seu autor fosse conhecida.
Obtida em 27 de Agosto de 1979, retrata o fuzilamento de homens de etnia curda por soldados do regime teocrata iraniano liderado pelo Ayatollah Khomeini, no início da Revolução Iraniana que depôs o Xá Reza Palevhi.
Desde a sua publicação nada mais se soube sobre o autor desta foto que correu mundo, transformando-se no primeiro símbolo do terror imposto pelo fanatismo religioso.
Longos anos volvidos o Wall Street Journal descobriu finalmente a identidade do seu autor, Jahangir Razmi, um repórter fotográfico iraniano do jornal Ettela'at, que obteve, do juiz que condenou à morte os curdos, autorização para fotografar as execuções .
É esse conjunto de vinte e sete imagens que Razmi ciosamente guardou e a história pormenorizada dos acontecimentos que rodearam a sua realização e publicação que o Wall Street Journal trouxe finalmente ao convivio da verdade.
No ano passado Jahangir Razmi foi reconhecido oficialmente como o autor da fotografia "Firing Squad in Iran", e pôde finalmente receber o Pulitzer Prize for Spot News Photography de 1980 a que tinha direito.

Nenhum comentário: