terça-feira, 25 de março de 2008

Brasil - Devido ao surto de dengue no estado do Rio de Janeiro TAP reforça desinfestação nos voos daquele país.

(Imagem original daqui)
.
A companhia aérea portuguesa TAP vai reforçar as rotinas de desinfestação a bordo dos aviões que voam do Rio de Janeiro para Portugal, devido ao desenvolvimento do surto de dengue no estado brasileiro, indicou fonte da transportadora, citada pela agência Lusa.
A TAP, que tem voos diários entre Lisboa e o Rio de Janeiro, decidiu assegurar que «em situação alguma, haverá transporte de mosquitos» nos seus aparelhos, pelo que será feita uma desinfestação com «spray» na cabina, já com os passageiros acomodados, em todas as viagens com partida da cidade brasileira.
Esta desinfestação é já uma rotina em todos os voos da companhia com origem em África, é «regular» nas ligações do Nordeste brasileiro e «ocasional» nas ligações com a Venezuela, segundo o porta-voz da TAP.
Além das rotinas, «esta medida é introduzida sempre que há notícia de surtos» de doenças transmitidas por insectos, em países para onde a TAP voa, explicou.
A TAP sublinha que se trata de uma «medida adicional de prevenção», já que «não há, até ao momento, motivos que afectem a normalidade da operação da companhia para o Rio de Janeiro».
Por outro lado, a companhia garante que as tripulações de cabina estão «alertadas para eventuais sintomas apresentados por passageiros, devendo ser nestes casos adoptadas as medidas previstas para estas situações».
.
Medidas de precaução.
A
companhia portuguesa aconselha ainda os passageiros em viagem para o Rio de Janeiro que sigam as recomendações das autoridades competentes, nomeadamente: usar roupas que preferencialmente cubram braços, pernas, tornozelos e pés, aplicar repelente de insectos, manter janelas do quarto fechadas, entre outras.
A Direcção-Geral de Saúde emitiu algumas recomendações aos médicos do sistema de saúde português, como a necessidade de, perante suspeitas de infecção de dengue numa pessoa que tenha viajado ao Rio de Janeiro nos 14 dias anteriores, confirmar a doença através de análise sanguínea.
O organismo tem sempre sublinhado que a doença apenas se transmite através de um mosquito que não existe em Portugal e não de pessoa para pessoa.
No Rio de Janeiro foram confirmadas 48 mortes por dengue nos três primeiros meses deste ano, em mais de 32 mil casos registados.
A dengue transmite-se pela picada do mosquito Aedes aegypti e tem efeitos semelhantes aos da gripe, mas em muitos casos é mortal, sobretudo na vertente hemorrágica.
In Portugal Diário - 25/03/08 16:27.
.
Artigos do Portugal Diário relacionados:

Um comentário:

Santos Silva disse...

Dengue - Doença que os políticos alimentam com suas quezilas e populismos e o povo amplia com sua falta de civismo e escassez de educação ambiental. O futebol, cerveja e samba são mais interessantes...Uma VERGONHA !