segunda-feira, 9 de junho de 2008

Ronda pela net - Indecisão - Portugal ou os Trópicos ?...

(Clique na imagem para ampliar - Imagem original aqui!)
.
Indecisão...tremenda, forte, sofrida até é a que vai pelo coração de muitos de nós que, por opção ou destino, encaminhamos nossas vidas longe do rincão natal, do berço de nossa infância, dos laços familiares, de amigos do peito e dos bancos escolares... E o 'Capitão-Mor', habitante também deste mundo virtual que ameniza distâncias e espaço físicos, 'fala' em poucas e fortes palavras, no seu "Um Portuga Em Apuros Nos Trópicos", com propriedade e sinceridade, desse sentimento que nos 'embriaga', inspira e leva obstinadamente a carregar a "mochila da saudade" entre mundos que amamos (no meu caso três mundos que amo - Portugal, Brasil e Moçambique):
.
"Indecisão - Voltar ou não voltar a Portugal, eis a questão que me está a provocar insónias. Se não regressar terei eternas saudades da pátria amada, se vier a partir sentirei falta destas paisagens e da liberdade que sinto por aqui. Quem me dera ser um gigante para poder ter uma perna em cada lado do Atlântico..."
(Para evitar sobreposição de sons, não esqueça de "desligar" a rádio "ForEver PEMBA.FM" no lado direito do menu deste blogue.)

5 comentários:

Capitão-Mor disse...

Grato pela referência. O caro amigo traduziu muito bem estes sentimentos que nos atormentam...
Talvez não tenhamos herdado os genes valentes dos portugueses de quinhentos.

Uma boa semana para si!

Ana Sílvia disse...

Tocante e complicado ter vários amores...mas compreensivel e emocionante !

Manuel Palhares disse...

Meu caro Jaime,

Ando há mais de duas horas - nem sei bem! - pelo seu sítio e não me canso de encantar. Que maravilha! Como deve calcular conheço centenas de blogs e o seu é aquele que eu gostaria que fosse meu.
No que concerne ao dia que hoje por aqui se comemora - de Portugal, de Camões e das Comunidades - é difícil, mesmo passados que são trinta e quatro anos, não querer ser o "seu gigante", para, no meu caso, em diagonal desde a Ponta de Sagres, dar meia dúzia de passos e chegar à minha Beira.
Um grande abraço,

Manuel Palhares

Nicolle Zilli disse...

É complicado quando ficamos nessa indecisão, mas pelo menos é uma indecisão boa né? De lugares maravilhoso =)
Tomara que tome a melhor decisão!

Obrigada pelo comentário e a referência, continuo com a série de reportagem. Adicionei você.

Boa semana!

gotaelbr disse...

Sensibilizado pelas amáveis palavras envio um abraço virtual aos Amigos da blogosfera que aqui e acima se dispõem a deixar seus cometários. É gratificante saber que aqui nos visitam.