sexta-feira, 19 de setembro de 2008

El Chavez de novo no palanque: Agora expulsa o chefe da Human Rights Watch...

(Imagem original daqui e daqui.)
.
O 'homem' faz tudo para aparecer e destilar raiva de ditador. E ainda olha para o espelho e discursa: "Espelho, espelho meu, tem alguém mais... ...".
Pois é, transcrevo do "Blog da Santa":
.
19.9.08 - Hugo Chávez expulsa chefe da Human Rights Watch.
A Venezuela expulsou o diretor da organização de defesa de direitos humanos Human Rights Watch no país, José Miguel Vivanco, após a divulgação de um relatório que critica as instituições e o governo. O relatório da Human Rights Watch (HRW), divulgado na quinta-feira, apresenta um balanço dos 10 anos de gestão de Hugo Chávez no qual afirma que o governo "debilitou as instituições democráticas e as garantias de direitos humanos" neste período. O Ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Nicolas Maduro, disse que Vivanco violou a Constituição do país. O documento foi divulgado uma semana após a expulsão do embaixador dos Estados Unidos na Venezuela.
.
'Intolerância política':
No documento, intitulado "Intolerância política e oportunidades perdidas para o progresso dos direitos humanos na Venezuela", a organização, que tem sede em Nova York, afirma que depois do fracassado golpe de Estado contra o presidente venezuelano, em 2002, Chávez teria "tomado" as instituições do Estado. Entre as principais áreas criticadas aparecem "o controle" do governo sobre o poder judiciário", "discriminação política aos opositores", "limitações à liberdade de expressão e ao sindicalismo".

3 comentários:

Rodrigo Piva disse...

É lamentável termos na América Latina e num país com as tradições da Venezuela, um elemento da estirpe de Hugo Chavez. O sonho dele é provocar uma guerra para poder usar os bilhões que torrou em armas na Rússia. Muito triste.
Abraços

Isabel-F. disse...

Não suporto este homem ...

só de olhar para ele dá-me asco ....



beijinhos e bom fim de semana

gotaelbr disse...

Lamentável mas é o "espelho", Rodrigo, de democracias(?) onde se manipulam mentes pouco esclarecidas via miséria social.
Mas há que observar a origem em sistemas políticos anteriores, deslavadamente ineficientes, muitas vezes omissos e desonestos,que ignoraram e agravaram os problemas dessas sociedades, permitindo o "endeusamento" circense dessas tristes mas ladinas figuras do agora.
Um abraço para si e outro para a Isabel que me fez sorrir com seu comentário.