quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Filme Moçambicano "Terra Sonâmbula" compete no Pune International Film da Índia e Londres.

Dados colhidos nos “IMENSIS”, "CCPM", "DIÁRIO DIGITAL/LUSA" e outros sites informativos da net - O filme `Terra Sonâmbula´, inspirado no livro de autoria de António Emílio Leite Couto (Mia Couto) com o mesmo nome, realizado por Teresa Prata, foi seleccionado para competir no Pune International Film Festival, que começou ontem na Índia, e no Bird`s Eye Film Festival de Londres, dedicado ao cinema realizado por mulheres.
De acordo com o Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA), o festival de Pune decorre até 17 de Janeiro e o festival de Londres decorrerá entre os dias 06 e 13 de Março.
`Terra Sonâmbula´ é uma co-produção portuguesa, alemã e moçambicana, através da ÉbanoMultimédia, baseado no livro do escritor Mia Couto.
Primeira longa-metragem da realizadora, «Terra Sonâmbula» conquistou em Dezembro do ano passado o Prémio da Federação Internacional da Crítica de Cinema no Festival Internacional de Cinema que decorreu em Kerala, na Índia.
Depois da estreia absoluta a 27 de Agosto passado, no Festival de Cinema de Montreal (Canadá), «Terra Sonâmbula» estreou-se na Europa em Outubro, no Festival Internacional de Cinema de Mannheim-Heidelberg (Alemanha).
O filme, que conta a história de Muidinga, um menino moçambicano que procura a família em plena guerra civil, só tem dois actores profissionais no elenco, a moçambicana Ana Magaia e a portuguesa Laura Soveral. Os restantes actores, incluindo o menino de 12 anos que protagoniza Muidinga são amadores.
Teresa Prata, formada em argumento e realização pela Deutsche Film und Fernsehakademie Berlin (Academia de Cinema e Televisão de Berlim), é também autora das curtas-metragens «Uma Questão de Vida ou Morte» (1994), «Mil Olhos, O Sonhador do Oeste»(1996), «Leopoldo» (1999) e «Partem tão Tristes, os Tristes» (1999).
A realizadora, que passou a infância em Moçambique e a adolescência no Brasil, estudou em Portugal, e agora está baseada na Alemanha, tem uma formação bastante eclética: estudou piano no Rio de Janeiro, formou-se em biologia em Coimbra e cinema em Berlim. "Acho que um cineasta precisa ter a formação mais diversificada possível", defende. Leu o livro de Mia Couto quando estudava em Berlim e achou a história «maravilhosa e fantástica», decidindo passá-la ao cinema, com o consentimento do escritor, que quando visionou a longa-metragem gostou da adaptação feita.
.
Terra Sonâmbula - O Fime:
Gênero: Drama
Tipo: Longa-metragem / Colorido.
Produtora(s): Ebano Multimedia, Filmes de Fundo, Instituto do Cinema, Audiovisual e Multimédia, Radiotelevisão Portuguesa, ZDF/Arte
Diretor: Teresa Prata
Roteirista: Teresa Prata baseado no romance homónimo de Mia Couto
Elenco: Tânia Adelino, Candido Andrade, Valdemar António, Aron Silva Bila, Marcela Chambale, Eugénio Cumbane, Márcia Cumbane, Aliaga da Silva, Eduardo Durão, Cergílio Félix, Afonso Francisco, Hélio Fumo, Ilda Gonzalez, Prafutabai Jaiantilel, Aladino Jasse
.
Primeiro romance do moçambicano Mia Couto, já bem conhecido e apreciado pelo público português, Terra Sonâmbula tem como pano de fundo os tempos de guerra em Moçambique, da qual traça um quadro de um realismo forte e brutal.
Dentro deste cenário de pesadelo movimentam-se personagens de uma profunda humanidade, por vezes com uma dimensão mágica e mítica, todos vagueando pela terra destroçada, entre o desespero mais pungente e uma esperança que se recusa a morrer.
Terra Sonâmbula é um romance admirável, sem dúvida uma das melhores obras literárias que nos últimos anos se escreveram em português.

4 comentários:

Prata disse...

O meu nome é Teresa Prata. Sou a realizadora / escritora de argumento do TERRA SONAMBULA. Neste vosso artigo há um erro.

O roteirista do Terra Sonambula sou só eu. Mia Couto nao o escreveu. Mia Couto deu o seu maravilhoso romance para eu basear a minha história.

Por isso deveria estar:
roteiro: Teresa Prata
baseado no romance homónimo de Mia Couto.

Com os melhores cumprimentos, Teresa Prata

gotaelbr disse...

Devidamente retificado.
Agradecemos a observação.
Cumprimentos.

Jurandir Chamusca disse...

Olá amantes da literatura!
Sou do Brasil São Paulo,estudo literatura na USP - Universidade de São Paulo. Aqui temos um curso muito bom de Literatura Africana, bastante completo, muito rico. Adoramos todas as literaturas da nossa língua e especialmente a africana.
Procuro o filme Terra sonâmbula aqui no Brasil e não acho, nem para ir ao cinema nem para comprar, uma pena.
parabéns pelo blog. Eu e minha esposa já adicionamos. Um cordial abraço,
Jurandir Chamusca

gotaelbr disse...

Jurandir,

Aqui fica sua observação oportuna. Esperamos ecoe de forma a desvendar caminhos que o levem a conseguir o filme "Terra Sonambula".
Obrigado e cumprimentos.

Jaime