quinta-feira, 13 de março de 2008

Pemba vai formar em breve engenheiros informáticos e biólogos...

Em Junho próximo a universidade Lúrio abre representação em Pemba.
.
A univerdidade Lúrio vai abrir a sua representação em Junho deste ano na capital da província de Cabo Delgado, com o início de dois cursos, nomeadamente de Engenharia Informática e Ciências Biológicas, no quadro da sua expansão pela região norte, segundo revelou o respectivo Reitor, Jorge Ferrão, numa cerimónia de apresentação que teve lugar em Pemba, perante o Governo, os sectores público e privado e sociedade em geral.
Jorge Ferrão prometeu a abertura da representação e o início daqueles cursos mesmo sabendo que a universidade Lúrio ainda não tem infra-estruturas em Pemba, nem espaço visível onde possa funcionar a universidade.
“É verdade que ainda não temos infra-estruturas, estamos zero! Mas temos uma coisa que supera tudo isso: a vontade de fazer. Por isso estamos a fazer esta apresentação a quem a universidade vai servir, aos verdadeiros donos da instituição. É nossa, ajudem o seu nascimento. Ela é pública, é produto dos nossos impostos”, apelou.
Contactos estão a ser feitos junto de diferentes instituições com poder de decisão no sentido de que tudo corra conforme o previsto, entre os quais o Conselho Municipal, a quem cabe a cedência do lugar onde será construído o campus de Pemba e outros intervenientes que possam agilizar a execução dos planos da Unilúrio.
A UniLúrio, com sede na província nortenha de Nampula, está já no seu segundo ano de funcionamento e conta com 100 estudantes de Medicina, 68 de Medicina Dentária, 71 do curso de Farmácia e 30 de Nutrição. Pretende iniciar os dois cursos de Pemba com 80 estudantes, 40 para cada um.
É pretensão da direcção daquela universidade pública, expandir-se, o mais rapidamente possível, também para a província do Niassa, onde pensa erguer a sua representação no distrito de Sanga, para cursos ligados à agricultura, assim como dois ou três anos mais tarde, em Pemba, vai introduzir um novo curso, desta feita de e Engenharia Ambiental.
“É nosso interesse fazer centros de formação que ficam perto dos recursos que são objecto do estudo”, explicou o Reitor da UniLúrio.
Entretanto, o nosso jornal soube que, numa primeira fase, a UniLúrio em Pemba vai partilhar as mesmas instalações com o Centro de Pesquisa Ambiental e fonte do Conselho Municipal garantiu que já está identificado o lugar onde se vai construir o campus universitário, uma área de 12 hectares, na zona de expansão da cidade de Pemba.
Cabo Delgado passará assim a contar com três instituições de ensino superior, depois da faculdade de Informática e Gestão do Turismo, da Universidade Católica e da presença, para o próximo mês de Maio, da Universidade Mussa Bin Bique, havendo ainda a esperança de abertura duma representação da Universidade Pedagógica, na cidade de Montepuez, sul da província.
Maputo, Quinta-Feira, 13 de Março de 2008:: Notícias

Nenhum comentário: