sexta-feira, 27 de junho de 2008

ZIMBABWE: A Vergonha de África - A comédia sinistra do patético ditador Mugabe continua hoje...

(Clique na imagem para ampliar)
.
Pouco acrescento pois o MediaFax-Maputo diz bastante sobre a farsa vergonhosa e cruel que terá seu ápice hoje, pulverizando o sentido de democracia e o direito à liberdade de escolha do povo oprimido do Zimbabwe, tudo com a vergonhosa omissão, alienação do mundo dito livre e conivência dissimulada de amplo número de líderes políticos africanos.
Transcrevo:
.
Amanhã (hoje) há farsa no Zimbabwe.
Ao que tudo indica, Mugabe e os seus sequazes vão amanhã às urnas para votarem na renovação da sua magistratura.
Os boletins de voto têm estampada a fotografia de Morgan Tsvangirai que há poucos dias desistiu do pleito .
O clima de violência instigado pelos generais de Mugabe atingiu o extremo, com o candidato presidencial Tsvangira a ter que solicitar refúgio na embaixada da Holanda.
Muitas pessoas, entre elas, apoiantes do MDC e Tsvangirai, foram mortas, presas, e outras são dadas como refugiadas nos países vizinhos.
A situação no Zimbabwe é clara sobre a impossibilidade de se realizarem eleições livres e justas amanhã.
As óbvias consequências da eleição são preocupantes : A vitória de Muagabe é a vitória da insensatez, da tirania e da ditadura, da opressão ao povo, da recusa ao povo de uma vida melhor. A vitória de Magube é sinónimo de instabilidade regional.
A consumar-se a vitória de Mugabe, a África Austral terá falhado redondamente e recuado de maneira assustadora no seu projecto de integração regional.
Agora que as coisas estão assim, é preciso aprender rápido com a história para que os “zimbabwes” não se repitam.
O que está a acontecer no Malawi é um mau sinal.
Os últimos pronunciamentos de José Eduardo dos Santos sobre o Zimbabwe agradam, mas não satisfazem.
Da África do Sul esperamos autoridade e responsabilidade que a olhos vistos estão a encolher.
MediaFax, Maputo, Quinta-feira, 26.06.08 * Nº4067

Nenhum comentário: