sábado, 17 de novembro de 2007

Relembrando a Empresa de Táxis Aéreos OCAPA - Parte 3

(Clique na imagem para ampliar)
Fotos cedidas por Inez Andrade Paes.
.
OCAPA III - Alguns dados disseminados pelos arquivos deste blogue ao longo do tempo e que servirão de apontamento para a história da aviação cívil em Cabo Delgado:
.
...O anúncio chega inesperado.
Há feridos junto do Rovuma, o rio fronteira ao norte.
Das transmissões pede-se incessantemente um avião da OCAPA.
E a torre de controle do aeroporto, que se ergue pintada de muito feio a substituir já de cimento a antiga palhota do Alto Jingone, a torre mantém-se em "stand by".
A organização de carreiras aéreas tem a finalidade de manter rotas diárias de transporte de passageiros, bagagem e correio em todo o Cabo Delgado.
E faz implicitamente a aproximação de populações isoladas no tempo das chuvas quando as estradas se tornam quase ribeiras ou passadeiras de matope. Quando toda a baixa do rio M 'salo se alaga e o batelão preso por cordas é uma jangada inútil.
Há pequenos campos de aviação e o cuidado de os manter operacionais.
Porém a OCAPA não foge a pôr no ar o transporte indicado para casos urgentes...
(Do texto "Uma viagem na OCAPA" de Glória de Sant'Anna).
.
Se possuir informações, documentos, notícias que possam contribuir para informar e registrar o que foi e o que é Pemba - Cabo Delgado em Moçambique, poderá enviar-nos pelo e.mail gotaelbr@yahoo.com.br.
Colocamos o espaço virtual deste blogue à disposição.

Nenhum comentário: